Organização de Beckham, Guild Esports tem prejuízo de mais de R$ 31 milhões

Foto: Reprodução/Guild

A organização britânica Guild Esports anunciou por meio de seu relatório financeiro um prejuízo de £ 4,9 milhões (libras), cerca de R$ 31,1 milhões na cotação atual, para o período de seis meses que terminou em 31 de março deste ano. A Guild é conhecida por ter o ex-jogador de futebol David Beckham como um dos acionistas e embaixadores.

Como resultado do prejuízo milionário, a empresa demitiu 15 funcionários, reduzindo o staff para 30 pessoas. Além disso, David Gardner, agente de Beckham, saiu do conselho da Guild.

+ Astralis tem prejuízo de R$ 26 milhões em 2021

Beckham possui quase 5% da Guild Esports (Foto: Reprodução/Guild)

Ainda segundo o relatório financeiro, o resultado para o período é pior do que o do ano passado, quando a Guild relatou um prejuízo de £ 4,3 milhões, cerca de R$ 27 milhões. A organização explica que o aumento nas perdas se deve ao “significativo investimento contínuo em toda a empresa para apoiar o crescimento e estabelecer a Guild como uma equipe de esports de liderança global, de acordo com a estratégia declarada”.

Presente no VALORANT, Fortnite, Rocket League e FIFA, a Guild aumentou o número de jogadores contratados de 17 para 21 quando comparado com março de 2021. Fora isso, a organização estreou em 29 de junho deste ano um novo escritório em Londres junto da Guild Academy, centro de treinamento para revelar novos talentos nos esports. O contrato de aluguel do espaço é de 10 anos.

Para tentar reverter o prejuízo, a Guild afirma que está negociando aproximadamente 30 contratos de patrocínios, com diversos em estágios “avançados de negociação”. Atualmente, o maior patrocinador da organização é a corretora de criptomoedas Bitstamp, que fechou uma parceria de três anos no valor de £ 4,5 milhões (~R$ 28,6 milhões). Outras marcas de peso também estão associadas à Guild, como Razer, Subway, Samsung e HyperX.

Por fim, a empresa ressaltou que o faturamento triplicou quando comparado com o mesmo período do ano passado, indo de £ 369 mil para £ 1,08 milhão, e que com os cortes feitos, espera reduzir os custos operacionais em 20%.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.