LoL: Santos Hotforex vence Falkol e vai para a final do Circuito Desafiante

Nesta segunda-feira (11) a primeira partida MD5 da semifinal do Circuito Desafiante aconteceu, com a transmissão iniciada às 18h, logo após o Depois do Nexus. Santos Hotforex contra Falkol se enfrentaram em busca de uma vaga na final do campeonato, e os meninos da vila foram melhor. O campeão do Circuitão garante vaga para o CBLOL do próximo Split. 

Considerado o favorito da partida, o Santos chegou mais confiante e preparado, sendo também candidato fortíssimo para vencer a 2ª divisão de League of Legends no Brasil. No entanto o adversário não seria tão fácil, pois a Falkol também é um time forte e que tinha chances. 

Como qualquer campeonato de e-sport, a fase de pontos e o mata-mata são bem diferentes entre si. A Falkol se garantiu bem na fase de pontos, mas pareceu entrar no mata-mata com o psicológico bem afetado. Muito do que conseguiu conquistar nos jogos únicos foram perdidos nos jogos contra o Santos.

Game 1

O Santos procurou uma formação de time um pouco diferente do que vem sendo pickado nos jogos oficiais de League of Legends ao redor do mundo, principalmente com Ashe e Vicktor. O combo dos dois campeões foi uma dor de cabeça real para a Falkol, que não soube lidar nem com a força na visão no mapa que a Ashe deu, e nem com o dano latente do Vicktor, controlado por Rainbow. 

Foi um jogo totalmente dominado pelo Santos, que deitou e rolou  em Summoner’s Rift. Tiveram vantagens em todos os quesitos desde o início do jogo, e basicamente a Falkol não conseguiu aplicar nada do time que formou. 

Game 2

No segundo jogo a Falkol não baniu nem Ashe, nem Vicktor, e deu uma nova chance para o Santos manter os dois campeões como prioridade. Ainda com uma melhora de um jogo para o outro, a Falkol não conseguiu conquistar os dragões, que normalmente prioriza, nem tirar grandes vantagens de rotas ou visão. 

Santos teve algumas barreiras em momentos específicos da partida, mas também levou a partida de forma bem dominante, mostrando porque é favorito para o título. 2×0 para o Santos, e a Falkol foi para o último suspiro, buscando mudar as escolhas do adversário.

Game 3

Com o banimento de Ashe e Vicktor, a Falkol mostrou que queria vir com uma outra mentalidade, forçando o Santos a escolher outras composições. Além disso, a escolha de Lucian no topo foi interessante, pois seria uma pressão grande contra Aatrox. E de fato, o início do jogo foi totalmente favorável ao time. 

Porém, erros pontuais deram a chance para o Santos permanecer no jogo e conquistar espaço. Ainda assim a Falkol conquistou dragões e o Arauto pela primeira vez na série, e parecia estar bem mais preparada para encarar os meninos da vila. Com as vantagens, conseguiram mais mapa em comparação aos jogos anteriores, mas não o bastante para acuar o time adversário.

Picks e bans da última partida da série entre Santos e Falkol. Créditos: Twitter Santos Hotforex

Isso fez toda a diferença. Com um Santos mantendo um certo equilíbrio mesmo estando atrás em torres e abates, conseguia punir em torres e manter o foco nos objetivos. Após os 30 minutos, a Falkol não tinha conseguido expandir o mapa e pressionar o Santos, então o adversário esperava a hora certa para criar uma team fight favorável. 

E esse momento veio. Não foi necessário Barão nem nada, após um Ace muito bem dado pelo Santos, a Falkol ficou exposta e o peixe acabou com o jogo, destruindo o Nexus. 

Agora o time já possui uma chance real de chegara o CBLOL. Ainda que seja vice-campeão, poderá enfrentar a INTZ para uma possível vaga no CBLOL. O segundo jogo da semifinal acontece amanhã, às 18h, entre Team oNe e Havan Liberty.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias