Tivemos a oportunidade de bater um papo com um dos narradores de maior ascensão dentro dos esports em 2018: Nícolas “Nicolino” Emerenciano. Falamos um pouco sobre os principais assuntos do ano, a sua escalada no meio e quais são seus objetivos para 2019.

Quando foi a primeira vez que teve contato com os esports e qual foi a sensação?

Foi em 2016, quando narrei pela primeira vez na minha vida. Organizava junto com um amigo o TUES (torneio universitário de esports) e como eu já tinha pretensões de ser streamer/youtuber na época, eu tinha todos os equipamentos, como microfone, placa de som, um computador capaz de fazer transmissão e perguntei pra eles o que achavam de eu transmitir as partidas desse campeonato. Foi uma experiência assustadora, mas muito importante pro meu crescimento.

Quais são os maiores desafios na carreira de um narrador de esports?

Eu acho que o maior desafio é achar uma identidade própria. Hoje temos muitos talentos na narração em todos os jogos e para mim o maior desafio é você conseguir encaixar o seu próprio estilo sem acabar copiando ou imitando algo de alguém que já esta nessa por um tempo.

Outra coisa que o pessoal que está começando precisa saber é que ganhar dinheiro ou viver disso é consequência de muito trabalho e muita dedicação. A galera acha que é simplesmente começar a narrar que já tem que receber, mas esquece o tanto de coisas de graça que pessoas como BiDa, qeP, Guizão, XRM e etc já fizeram para hoje estar onde estão.

Existe alguma preparação ou rotina antes das partidas?

Eu procuro aquecer a voz, com exercícios mesmo ou então fico cantando alguma coisa (risos). Além disso, sempre dou uma olhada nas equipes e fico ansioso pra caramba.

Muito se fala das maratonas que narradores e comentaristas enfrentam, tendo que narrar diversos jogos por dia. Como você enxerga esse tipo de carga horária?

Eu vejo como o cenário ideal uma MD3 ou 4 MD1. Mais do que isso, a gente cansa mentalmente e também tem o desgaste da voz. Mas como esse é o nosso trabalho, em algumas situações temos que nos esforçar realmente para dar conta de maratonas e aí acaba entrando o amor no negócio, que faz a gente dar um gás.

BiDa e FalleN abriram as portas para o nascimento do cenário de narração brasileiro. Quem mais você acha que foi importante nesse meio e por que?

Quando eu comecei a acompanhar CS:GO, o FalleN já era uma lenda no joguinho, então a referencia para mim em questão de narração é o BiDa. Sou muito fã do trabalho dele e de tudo que ele faz e fez pelo nosso cenário. Quem está de fora, nem imagina o tanto que ele é importante na vida de cada um de nós que hoje trabalhamos com narração. S2 Bidão.

Como você enxerga o cenário para 2019, com a vinda de grandes torneios para o Brasil como BLAST Pro Series e DreamHack Rio?

Pra mim é surreal e ao mesmo tempo mostra que o Brasil é uma realidade. Espero de coração que tudo role muito bem e que em breve a gente possa ter um Major aqui.

Além do CS:GO, quais jogos você narra e quais tem vontade de narrar?

Bom, eu como vim do torneio universitário e era o único narrador lá, acabei fazendo vários jogos. Eu narro Fifa, League of Legends, CS:GO, Fortnite, Street Fighter. Enfim, eu gosto é de narrar. O que tiver, a gente encara!

Entre sonhos e objetivos, o que você espera para Nicolino em 2019?

Eu tenho apenas o objetivo de evoluir, de melhorar e de conseguir passar pra quem assiste a emoção que eu sinto em estar fazendo isso. Seja em um MIBR x Astralis ou em um Grayhound x Tyloo, o CS:GO é sempre maravilhoso e o meu maior sonho é narrar uma partida do MIBR em uma arena lotada. Chega a dar arrepios!

Com certeza! Bom, agora no final, deixamos o espaço livre para você falar um pouco com seus fãs.

Eu gostaria demais de agradecer a oportunidade da entrevista, fico muito feliz por isso. Gostaria também de agradecer a toda a comunidade de CS:GO pelo apoio que eu recebo e que motiva muito pra dar a vida sempre, os meus companheiros de trabalho que foram fundamentais pra que eu começasse nessa vida e à minha família que me apoia muito e acredita no que eu faço. Sou só amor <3

Deixe seu comentário