Pesquisa: as 10 melhores equipes brasileiras de CS:GO na perspectiva das apostas

Depois de uma calmaria no cenário CS:GO neste verão, diversos eventos notáveis nos aguardam no restante do ano, alguns dos quais terão a participação de equipes brasileiras. Para ajudar os fãs a entender melhor em quais compatriotas vale a pena apostar, a casa de apostas de esports LOOT.BET analisou o desempenho das melhores equipes do país em termos de apostas nos três primeiros trimestres de 2020.

Nesse estudo, o LOOT.BET considerou as 9 melhores equipes brasileiras, de acordo com o ranking da HLTV de 28 de setembro de 2020, mais a MiBR, por ser uma das marcas locais de esports mais reconhecidas e consolidadas. Dentre outras coisas, foi revelado em quem os torcedores mais gostam de apostar e quais times são mais e menos lucrativos. Aqui estão os resultados mais interessantes da pesquisa dedicada do LOOT.BET.

Apenas duas equipes do ranking sugerido de 10 melhores, FURIA e MIBR, geraram dois terços de todas as apostas, por quantidade, colocadas em relação aos respectivos residentes da tabela até agora em 2020: 34% e 32%, respectivamente.
Uma situação similar é observada na classificação por volume total de apostas, com a MIBR liderando com 36%, seguido pela FURIA com 34%. E, no que diz respeito aos apostadores, a FURIA tem a primeira colocação novamente concentrando 35% dos apostadores das principais equipes brasileiras. A MIBR ficou em segundo lugar com 32%.
Em todas as três classificações mencionadas acima, o terceiro lugar é dividido pelas equipes BOOM, YeaH e Team One, cada uma com 6%.

Inesperadamente, depois da MIBR com a taxa de R$140, a segunda equipe considerando o maior tamanho médio de aposta é a equipe RED Canids com R$128, e não a FURIA, que ficou apenas em terceiro com R$126. Os ‘anti-campeões’ aqui são a Imperial, Sharks e paiN, executando a aposta média de R$97, R$102 e R$107, respectivamente, enquanto que o tamanho médio da aposta para todos os times dentre os dez sugeridos foi R$126.

A maior aposta individual de 2020, até outubro, foi da FURIA, com uma aposta de R$ 26,123, realizada uma vez por um usuário LOOT.BET. MIBR ficou em segundo lugar aqui, com uma aposta máxima individual de R$23,492, e paiN ficou em terceiro com uma aposta de R$21,628.

E agora, a descoberta mais emocionante do estudo. Entre janeiro e outubro de 2020, as equipes mais lucrativas foram BOOM, Team One e FURIA, enquanto os outsiders foram YeaH, Imperial e paiN.

Em geral, para cada uma dessas equipes, o mercado mais popular para apostas era sua vitória em um jogo. Os mercados secundários mais populares por quantidade de apostas foram MIBR +1.5 (para vencer pelo menos 1 mapa na série Bo3), FURIA +1.5 (para vencer pelo menos 1 mapa na série Bo3) e FURIA -1.5 (para vencer a partida com 2 mapas de vantagem).

Quanto aos mercados secundários mais lucrativos por volume de ganhos, o ranking dos 3 primeiros é o seguinte: FURIA +1.5 (para vencer pelo menos 1 mapa na série Bo3), FURIA -2.5 (para vencer o mapa com vantagem de 3 ou mais rodadas), e FURIA +2.5 (para executar não mais que 2 rodadas de lag no mapa).

E aqui estão os 3 principais mercados laterais que custam mais aos apostadores: FURIA -1.5 (para vencer a partida com 2 mapas de vantagem), MIBR +1.5 (para vencer pelo menos 1 mapa na série Bo3) e MIBR -1.5 (para vencer a partida com vantagem de 2 mapas).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias