Bangladesh bane Free Fire e PUBG Mobile por três meses

spot_imgspot_img

A Suprema Corte de Bangladesh, país da Ásia Meridional, ordenou que a Comissão Reguladora de Telecomunicações (CRT) banisse os jogos Free Fire, da Garena, e PUBG Mobile, da KRAFTON, por três meses. O motivo pelo bloqueio no país se dá pelo fato da corte considerar os games prejudiciais para crianças e adolescentes, além de querer salvá-los da “degradação moral e social”.

+ ESEA cria torneio de CS:GO com mapas ao estilo Minecraft
+ Free Fire: Atacante do Grêmio, Léo Pereira se torna influenciador da A Cúpula
+ Free Fire: Dionis e Next são os novos integrantes da LOUD

Em resposta ao site NEWAGE, o vice-presidente da CRT afirmou que o órgão tomará as medidas necessárias assim que receber uma cópia da ordem da corte. Ele também disse que “se necessário, a Comissão solicitará que os gateways de internet desliguem esses jogos”.

O tribunal emitiu a ordem em resposta a uma petição de mandado de segurança feita por dois advogados da Suprema Corte de Bangladesh. No documento, eles alegavam que esses jogos estavam deixando os jovens viciados e envolvidos em violência e atividades imorais. Apesar dessas alegações, não está claro se a petição tinha dados ou informações que liguem atos de violência aos jogos.

Junto da decisão, a Suprema Corte emitiu um ultimato de 10 dias para os secretários dos Ministérios de Telecomunicações e Tecnologia da Informação, Educação, Justiça, Saúde e mais 23 outras pessoas, solicitando o porquê desses jogos ainda não serem proibidos por completo em Bangladesh.

Você conhece a Cyber.bet?

A Cyber.bet é um dos maiores sites para apostas em esports do mundo e fechou uma parceria com o The Clutch para trazer aos nossos leitores uma super promoção. Qualquer depósito até R$ 600 receberá um bônus de 100%. Mais dinheiro, maiores os ganhos!

Gostou? Então clique aqui e receba seu bônus agora!

spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img