VALORANT: Após buffs em Viper e Yoru, Riot promete atualizações “mais agressivas” em agentes

Nesta quinta-feira (1), a Riot Games deu um parecer de como vai agir nas futuras atualizações do VALORANT referentes a balanceamento de agentes. Passado o patch 2.06, que trouxe buffs para Viper e Yoru, a desenvolvedora prometeu ações mais agressivas nos futuros updates.

+ Riot Games realiza investigações de manipulação de resultados em VALORANT
+ VALORANT: Novo mapa tem codinome e música de loading revelados por dataminers
+ VALORANT: Segunda edição do Spike Series é anunciada

No blog oficial do FPS, o produtor de personagens, John Goscicki, disse que nos nove meses do VALORANT, aprendeu muito sobre “o impacto que nossa abordagem causa no balanceamento de agentes”.

“Antes, nós aplicávamos alterações pequenas e pontuais aos agentes na esperança de que veríamos algum impacto gradual em jogo. Mas no fim das contas, esse método não deu tão certo quanto esperávamos”, complementou Goscicki.

Por conta disso, de acordo com o executivo, a “partir da 2.06, vamos adotar uma abordagem mais agressiva nas atualizações, assim presenciaremos um impacto maior nos agentes a cada atualização. Sabemos que é muito frustrante ficar vendo o seu agente favorito nas notas várias e várias vezes, principalmente se essas atualizações acabarem não surtindo muito efeito”.

Ainda segundo o produtor, a vontade é de atualizar todos os personagens do jogo. “Por mais que queiramos atualizar logo todos os agentes, também damos bastante valor à estabilidade dos esports, e não queremos que o meta mude completamente e acabe pegando os jogadores profissionais desprevenidos logo antes de eventos como o Masters e o Champions”, disse.

John Goscicki finalizou afirmando que “durante o resto de 2021”, seguirá o seguinte padrão: “Quando grandes torneios terminarem, lançaremos fortalecimentos e enfraquecimentos que podem causar impacto no jogo e, à medida que outro torneio for chegando, daremos uma desacelerada nessa abordagem e teremos como foco a estabilização dos ajustes”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias