VALORANT: SicK é preso nos Estados Unidos

SicK
Foto: Colin Young-Wolff/Riot Games

Resumo

  • SicK, jogador reserva no time de VALORANT da Sentinels, foi preso depois se envolver em uma confusão em loja da Ferrari;
  • Ele foi detido por “invasão criminosa”, que é classificada como “contravenção de classe B”, e está na prisão há dois dias.

Segundo o site Dot Esports, Hunter “SicK” Mims, atualmente jogador reserva no time de VALORANT da Sentinels, foi preso no dia 4 de março depois de se envolver em uma confusão em uma concessionária da Ferrari no Texas, Estados Unidos.

De acordo com o site, SicK foi detido pelo delito de “invasão criminosa”, que é classificada como “contravenção de classe B”, e está na prisão há dois dias.

anúncio betboomanúncio betboom

No dia 3 de março, o jogador chegou a postar um vídeo no seu perfil do Twitter em que mostra um funcionário da concessionária exigindo que SicK saia do local, e o jogador se recusa. Porém, a gravação não se encontra mais disponível porque foi tirada do ar.

Ainda segundo o Dot Esports, SicK passava por problemas pessoais e também lida com problemas de saúde mental.

+VALORANT: Riot revela Gekko, novo agente
+VALORANT: Noiva de TenZ, Kyedae é diagnosticada com leucemia

SicK entrou na Sentinels em 2020 e fez parte das campanhas vitoriosas com o time no VCT América do Norte e do primeiro VCT Masters em Reykjavík, em 2021. Sua última participação no competitivo foi em maio do ano passado.

Sentinels 2021
SicK é o primeiro jogador da esquerda para direita (Foto: Colin Young-Wolff/Riot Games)

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

melhores cassinos online melhores cassinos online