Cheat de Call of Duty sai do ar após Activision ameaçar processar desenvolvedor

spot_imgspot_imgspot_img

A Activision segue trabalhando para resolver os problemas relacionados a cheaters em Call of Duty: Modern Warfare e Call of Duty: Warzone. Nesta semana, um dos maiores desenvolvedores de trapaças para o título, conhecido como GatorCheats, anunciou que nunca mais fará um cheat para os jogos da Activision após a desenvolvedora ameaçar entrar com uma ação judicial contra ele.

+ LoL: Riot anuncia o Patch 10.19, que valerá para o Mundial 2020
+ CS:GO: The Clutch Force estreia com vitória na Copa Vale

Por meio de uma publicação no Discord, o responsável pelas trapaças revelou que todas as atividades do programa de CoD estão suspensas: “Eu fico feliz pelos últimos 11 meses, mas a vida útil desse produto chegou ao fim”, disse.

Além disso, ele revelou como foi o contato da Activision para pedir a retirada dos programas ilegais do mercado. O primeiro pedido foi em maio deste ano, quando ele optou por parar de vender os cheats para novos consumidores. No entanto, a desenvolvedora o procurou novamente, desta vez pedindo para que ele interrompesse a interação e atualização do programa.

“Em setembro de 2020, recebi um comunicado bem claro do advogado da Activision Blizzard informando que eles iriam me processar caso eu não parasse as vendas e também não parasse por completo com as interações e atualizações dos produtos de meus clientes”, comentou o desenvolvedor dos cheats.

Em seguida, ele promete que nunca mais fará outro cheat para os produtos da empresa e ainda pede para que seus clientes não procurem outros desenvolvedores, pois a Activision também irá atrás deles. “Eu nunca mais criarei, testarei ou atualizarei produtos relacionados aos produtos da Activision Blizzard. Insisto que meus clientes não procurem produtos relacionados aos da Activision de fontes alternativas, já que a Activision está contactando ou irá contactar essas fontes”, disse.

Mensagem foi enviada para usuários do programa (Reprodução/Discord)

Por meio de nota, a Activision afirmou que “tem tolerância zero para trapaceiros”. Para eles, o principal objetivo é levar a sério essa caça contra os cheaters para que todos tenham um jogo justo e nivelado, sendo essa uma das principais prioridades da empresa neste momento.

“Esta é uma área na qual temos trabalho muito, mas nem sempre é algo que discutimos publicamente”, disse a Activision.

spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimas notícias