CS:GO: BLAST não convidará mais times russos para seus eventos

Foto: Reprodução/HLTV

A organização da BLAST anunciou nesta terça-feira (1) que tomou a decisão de não convidar mais times russos para os seus próximos torneios, devido à guerra que está ocorrendo na Ucrânia. Além disso, a empresa informou o cancelamento do WePlay CIS Masters: Spring, torneio classificatório da região da Comunidade dos Estados Independentes (CEI) para o BLAST Premier Spring Showdown.

“Devido ao conflito na Ucrânia, nenhum time com base na Rússia será convidado a jogar nossos torneios no futuro próximo. Pedimos desculpas aos fãs e jogadores da região do CEI por essa decisão, mas não achamos que seja apropriado que esse evento siga adiante nesse momento”, diz o comunicado.

anúncio betboomanúncio betboom

+ CS:GO: s1mple doa mais de R$ 250 mil à Ucrânia
+ CS:GO: jks é o primeiro australiano a vencer uma competição tier 1 mundial

A nota termina dizendo que “jogos e esports unem pessoas de todas as etnias, países e crenças” e que a BLAST “espera que a situação no mundo reflita isso o mais breve possível”.

Com a decisão, times como Gambit, Virtus.pro, K23, forZe e Team Spirit não poderão mais jogar torneios BLAST. A Natus Vincere, por outro lado, não foi afetada. Mesmo tendo maioria russa no elenco, a organização tem como base a Ucrânia.

Além da BLAST, entidades esportivas também vêm punindo times russos de competições. Este foi o caso da FIFA, que suspendeu a seleção russa das eliminatórias para a Copa do Mundo e do Comitê Olímpico Internacional, que lançou uma carta recomendando que atletas da Rússia e de Belarus não sejam convidados para competições internacionais.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

melhores cassinos online melhores cassinos online