CS:GO: Evil Genuises está investindo em centro de treinamento na Europa

A CEO da Evil Genuises, Nicole Jameson, afirmou que a organização está investindo em um CT na Europa para apoiar seus players. A informação foi dada no dia 10 de março, por meio de um tweet.

Em uma resposta a um fã-clube da equipe, a executiva falava sobre um rumor do jornalista e veterano em Esports Richard Lewis, que sugeriu em vídeo que a organização estaria de saída do cenário competitivo de Counter-Strike Global Offensive. Contudo, Jameson tratou de tranquilizar seus seguidores e reiterou seu compromisso com a equipe.

“Talvez pela 5ª vez: a EG não está saindo do CS:GO. Na verdade, estamos investindo mais nos nossos jogadores e no cenário. Uma coisa que estamos fazendo é nos preparar para abrir um centro de treinamento remoto na Europa, para dar um apoio melhor aos nossos jogadores. Não tenho certeza de onde essas informações [errôneas] surgem”, disse a CEO.

A Evil Genuises, equipe treinada pelo coach brasileiro Wilton “Zews” Prado”, retorna ao cenário profissional a partir do dia 25 de março, pela ESL Pro League 13. O torneio será a estreia do jovem Owen “oBo” Schlatter, que substituiu Ethan, após o mesmo migrar para o VALORANT.

A EG está no mesmo grupo de Astralis, Liquid, Virtus.pro, Fnatic e Endpoint (veja todos os grupos e datas da ESL Pro League aqui).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img