CS:GO: FURIA perde duas seguidas e está fora da ESL Pro League

A FURIA está fora da ESL Pro League Season 10. Os brasileiros perderam duas partidas consecutivas e não conseguiram a classificação para a etapa final, que será realizada entre os dias 3 a 8 de dezembro, com premiação de US$ 600 mil (R$ 2,5 milhões).

A final da temporada contará com duas equipes brasileiras: MIBR e Sharks. Entretanto, a FURIA não conseguiu a vaga após perder para a eUnited e para a 100 Thieves, e não vai se juntar aos times classificados.

Trajeto para a EPL

CS:GO: FURIA perde duas seguidas e está fora da ESL Pro League
Brasileiros não conseguiram classificação para finais da EPL (Divulgação/StarLadder)

Antes das duas derrotas, a FURIA havia começa bem na competição. Isso porque a line-up liderada por Andrei “arT” Piovezan havia vencido a primeira partida contra a Isurus pelo placar de 2 a 0. Contudo, acabou se complicando no duelo contra as equipes norte-americanas.

O primeiro revés veio contra a eUnited na noite de domingo (17). Na ocasião, a equipe brasileira perdeu os dois mapas que jogou contra o time americano, ficando com uma vitória e um empate na tabela. Assim, dependia da partida contra a 100 Thieves e de uma combinação de resultados para sonhar com a classificação.

  • FURIA 13 x 16 eUnited – Overpass
  • FURIA 8 x 16 eUnited – Vertigo

De qualquer forma, antes mesmo de depender da vitória da Isurus contra a eUnited, a FURIA precisava vencer o jogo decisivo, mas nem isso conseguiu. Em um novo 2 a 0, os brasileiros deram adeus a qualquer chance de classificação para as finais da ESL Pro League.

  • FURIA 6 x 16 100 Thieves – Vertigo
  • FURIA 11 x 16 100 Thieves – Inferno

Os classificados

A classificação da 100 Thieves pela região das Américas foi a que restava para o público conhecer todos os times classificados para a competição final. Com isso, as equipes que conquistaram as vagas pelas Américas são: MIBR, Evil Geniuses, Team Liquid, Sharks Esports, ATK e a própria 100 Thieves.

Já pela região europeia, as vagas ficaram por conta de mousesports, Heroic, Astralis, Natus Vincere, G2 Esports, FaZe Clan, North e Fnatic. Por fim, as vagas da Oceania e Ásia ficaram com Grayhound e TYLOO, respectivamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img