CS:GO: Valve anuncia mudanças para RMR de 2022 e 2023

Foto: Reprodução/Espat

A Valve apresentou, nesta terça-feira (25), as mudanças nas diretrizes do Regional Major Ranking (RMR) de 2022 e 2023. O curioso é que a desenvolvedora não divulgou as informações de maneira oficial. Assim, coube a usuários encontrarem a publicação no blog oficial do Counter-Strike e divulgá-la nas redes sociais.

+ CS:GO: Rio de Janeiro volta à pauta e pode receber Major em 2022
+ CS:GO: 00 Nation fecha equipe para 2022 com Righi como treinador

anúncio betboomanúncio betboom

No comunicado, a Valve revelou detalhes referentes ao novo sistema de classificação para o Major. Entre as novidades para 2022, a que mais tem destaque é sobre a região em que um time poderá atuar.

A partir de agora, o país da maioria dos jogadores de um elenco será o responsável por definir em qual região o time disputará o RMR. Desta maneira, FURIA, GODSENT, e paiN Gaming, por exemplo, que chegaram ao PGL Major Stockholm 2021 por meio da classificatória da América do Norte, teriam que retornar ao Brasil para disputar com os times da América do Sul a vaga para o próximo evento chancelado pela Valve.

Contudo, a HLTV revelou que o objetivo da desenvolvedora é fazer uma unificação das regiões, onde América do Sul e do Norte brigariam pelo RMR das Américas. Assim, o site apontou que seriam destinadas seis (6) vagas à nova região.

Além do continente americano, Europa e CIS também se unificariam e teriam direito a um total de 16 vagas, enquanto Ásia e Oceania se fundiriam e os times desta região brigariam por duas (2) vagas no Major.

Confira abaixo como ficaria a distribuição de vagas nas regiões segundo a HLTV:

  • Europa e CIS: 7 Legends, 6 Challengers e 3 Contenders;
  • Américas: 1 Legend, 2 Challengers e 3 Contenders;
  • Ásia e Oceania: 2 Contenders.

Outra medida de grande impacto que a Valve tomou para os próximos eventos do Regional Major Ranking é referente à atuação dos treinadores, que ficou ainda mais restrita durante as partidas competitivas. Segundo a desenvolvedora, em torneios de LAN, “o treinador não pode ser visto, sentido ou ouvido pelos jogadores de nenhuma maneira fora dos períodos de tempo técnico e intervalo desde o início de um mapa até a sua conclusão”. Já em partidas online, ele não pode se comunicar e nem mesmo ficar na mesma sala que a equipe até que o mapa seja concluído.

Por fim, o sistema de classificação dos Regional Major Rankings de 2022 e 2023 utilizará a última participação das equipes no Major como base para distribuir pontos, ou seja, os times iniciarão o próximo ciclo com uma pontuação prévia baseada na performance que tiveram no Major anterior. Quanto maior a colocação, mais pontos recebem.

Veja mais detalhes na publicação oficial no blog da Valve.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

melhores cassinos online melhores cassinos online