Com jogos online por região, BLAST faz mudanças na Spring Final e Showdown

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) obrigou a BLAST a fazer uma mudança drástica no calendário e no formato da Spring Final e Showdown, previstas para acontecer em junho deste ano. A medida foi anunciada pela organização do evento nesta quarta-feira (1º).

Isso porque as duas etapas serão divididas por região, sendo uma da Europa e uma da América, e terá todas as partidas disputadas online. O sistema adotado pela organização da BLAST é semelhante à medida tomada pela ESL Pro League para a décima primeira temporada da competição.

Leia também:

Com um grupo de cada região, a BLAST Showdown, que antes contaria com dez times, agora terá 20 na disputa, sendo dez em cada uma delas. Na Europa, Astralis, Vitality e Ninjas in Pyajamas vão encontrar pela frente quatro times definidos por meio de classificatórios (CIS Cup, Elisa Invitational e Ibérica Qualifier) e três convidados.

Torneio terá novo formato em função da pandemia do coronavírus (Divulgalão/BLAST)

Desses dez participantes, apenas quatro avançarão para a BLAST Spring Final Europa. Essa etapa já conta com a presença de Natus Vincere, FaZe Clan, G2 Esports e OG. Por fim, apenas dois europeus seguem para a Global Final, disputada em novembro.

Enquanto isso, MIBR, 100 Thieves e Evil Geniuses terão a companhia de sete equipes que serão convidadas. Ao contrário da Europa, na Showdown América apenas duas equipes seguirão para a Spring Final América, que já conta com Team Liquid e Complexity. No entanto, apenas um time da fase americana seguirá para a Global Final.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias