CS:GO: peacemaker pode ser banido por explorar bug do coach

Peacemaker Imperial
Foto: Reprodução/Twitter

O “bug do coach” continua causando dor de cabeça para os treinadores de Counter-Strike. Mais uma onda de banimentos aparentemente está por vir e um dos que podem ser afetados por ela é Luis “peacemaker” Tadeu, atual comandante da Imperial.

Segundo o Jaxon, o nome do brasileiro é um dos 52 que estão sendo investigados pela Esports Integrity Commission (ESIC) e que podem sofrer punições como suspensões temporárias.

anúncio betboomanúncio betboom

Peacemaker teria explorado uma variante do bug do coach que permite andar livremente pelo mapa. Isso teria acontecido em 2018 durante a ECS S5, quando ele ainda estava na Heroic. Curiosamente, o time que estava enfrentando também se chamava Imperial.

+ CS:GO: Após 4 meses, Boombl4 se divorcia da esposa
+ FURIA fecha patrocínio de R$ 15 milhões com a FTX
+ CS:GO: s1mple monta “dream team” com m0NESY

Os novos investigados foram revelados pela Dexerto no fim de março. Na época, o site também informou que a ESIC iria em breve distribuir mais banimentos, tendo em vista que duas investigações estavam sendo finalizadas.

Vale ressaltar que a Associação dos Jogadores Profissionais de Counter-Strike (CSPPA) vem pressionando a ESIC para emitir as punições antes do PGL Major da Bélgica. Isso porque a CSPPA quer garantir o máximo de integridade possível ao maior campeonato da temporada.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários 3
melhores cassinos online melhores cassinos online