PGL Major Antwerp: Imperial perde para CPH Flames e está eliminada

Foto: Reprodução/PGL

Na segunda partida decisiva do dia para os brasileiros no PGL Major Antwerp, a Imperial entrou no servidor diante da Copenhagen Flames. Para ambos os times, era a última chance de se classificar para os playoffs. Ao fim da série, a Imperial perdeu por 2×0 (2-16 Inferno e 18-22 Vertigo).

Agora, a equipe da Imperial dá adeus ao Major e terá que focar no IEM Dallas, que tem início no dia 30 de maio.

anúncio betboomanúncio betboom

Imperial 16×2 CPH Flames – Inferno

No mapa de escolha da Imperial, quem dominou as ações foi a CPH. Na metade inicial, de TR, a equipe brasileira não conseguiu punir erros adversários e aproveitar as poucas brechas dadas. No marcador, um domínio total da equipe dinamarquesa, que saiu com a vitória parcial de 13-2.

Na segunda metade, a missão que era complicada ficou quase impossível ao perder o pistol round. Depois desse momento, os adversários só tiveram trabalho de confirmar o eco e vencer o forçado para sair com o primeiro mapa de vantagem na partida decisiva.

Scoreboard Inferno (Foto: Reprodução/HLTV)

Imperial 18×22 CPH Flames – Vertigo

No segundo mapa da melhor de três (MD3), a Imperial começou em um confronto equilibrado, porém rapidamente a CPH Flames tratou de dominar as ações do duelo e abriu 9-3 a seu favor jogando de TR. A Imperial reagiu ao fim da primeira metade e saiu perdendo por 6-9.

Na segunda metade, a Imperial até ensaiou uma reação rápida no ataque ao vencer o round pistol e o eco. Porém, logo depois, a CPH Flames engatou três pontos em sequência e abriu vantagem de 12-8.

Daí em diante, uma troca de rounds favoráveis para a Imperial permitiram que a equipe brasileira virasse o jogo e chegasse o map point 15-14. Porém, a CPH não quis deixar barato e em um round com três Famas, uma Desert Eagle e uma MP9, os dinamarqueses aprontaram novamente e levaram a partida para prorrogação.

No tempo extra, a CPH começou com força total de CT. Depois de três pontos em quatro rounds, os adversários foram finalmente parados pelos brasileiros, que igualaram o placar e forçaram uma nova prorrogação.

No segundo acréscimo, a CPH começou novamente impondo um ritmo mais forte e confirmou os três rounds iniciais de TR, deixando o marcador em 21-18 a seu favor.

Sem poder errar e pressionados, os atletas brasileiros foram para o tudo ou nada, mas viram os adversários confirmarem o ponto final e saírem com a vitória no confronto.

Scoreboard Vertigo (Foto: Reprodução/HLTV)

Agora, o Brasil continua com o sonho do Major vivo através da FURIA. A equipe ganhou mais cedo da G2 e conquistou vaga no Champions Stage, a etapa final, que têm início na quinta-feira (19). A FURIA enfrenta a Team Spirit às 15h.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

melhores cassinos online melhores cassinos online