Daqui a uma semana, a Astralis passará a ser a primeira organização de esports a ter suas ações negociadas na bolsa de valores. Ela fará sua oferta pública inicial, ou IPO na sigla americana, no dia 9 de dezembro na NASDAQ de Copenhague, Dinamarca.

Quatro vezes campeã de Major, a equipe de CS:GO da empresa dinamarquesa é considerada por muitos analistas e jogadores como a melhor da história do jogo, inclusive pelo brasileiro FalleN.

Além do elenco de Counter-Strike, que leva o nome da marca, o Grupo Astralis é responsável também pela equipe Origen, de League of Legends (LEC), e pelo Future FC, time de FIFA que tem a brasileira Stephanie “Teca” Luanda como um de seus integrantes.

A expectativa do IPO é de arrecadar ao menos 18 milhões de dólares. Os fundos serão usados para investir na expansão da organização, que consiste na aquisição de novos times em diferentes jogos e no desenvolvimento de equipes academy. Além disso, a Astralis planeja aumentar a sua criação de conteúdo, com vídeos personalizados e sob demanda, podcasts e streams.

Segundo o prospecto publicado, a empresa acredita que dentro de dois anos já terá um fluxo de caixa positivo, com o faturamento girando em torno de 12 milhões ao ano.

Deixe seu comentário