Fortnite ultrapassa LoL e se torna o 3º game que mais premia nos esports

Fenômeno entre os jovens, principalmente nos Estados Unidos, o Fortnite alcançou uma grande marca no cenário competitivo. O game da Epic Games ultrapassou o League of Legends, da Riot Games, e passou a ser a terceira modalidade que mais premia nos esports. Só a Copa do Mundo da modalidade, realizada este fim de semana em Nova Iorque, teve uma premiação total de US$ 30 milhões.

Leia também

Atrás agora apenas de Dota 2 e CS:GO, ambos da Valve, o Fortnite figura na terceira colocação no ranking de games que mais premiam competitivamente, tendo ultrapassado o LoL após a Copa do Mundo de Fortnite.

Segundo o balanço feito pela Esports Earning, Dota2, primeiro lugar, possui um total de US$ 181 milhões em prêmios com mais de 1.163 torneios realizados, enquanto Fortnite premiou cerca de U$ 71 milhões com apenas 386 competições.

Confira a lista com os cinco games que mais premiaram no cenário:

  1. Dota 2 (Valve): US$ 181.609.885,06 (aproximadamente R$ 686.485.365,53)
    • Torneios realizados: 1163 | Jogadores: 3.093
  2. CS:GO (Valve): US$ 80.196.227,71 (aproximadamente R$ 303.141.740,74)
    • Torneios realizados: 4191 | Jogadores: 11.891
  3. Fortnite (Epic Games): US$ 71.499.415,43 (aproximadamente R$ 270.267.790,33)
    • Torneios realizados: 386 | Jogadores: 2.874
  4. League of Legends (Riot Games): US$ 68.056.877,93 (aproximadamente R$ 257.254.998,58)
    • Torneios realizados: 2318 | Jogadores: 6.482
  5. StarCraft II (Blizzard): US$ 30.771.039,17 (aproximadamente R$ 116.314.528,07)
    • Torneios realizados: 5433 | Jogadores: 1.952

Argentino de 13 anos ultrapassa grandes nomes do CS:GO brasileiro

A Copa do Mundo de Fortnite terminou fazendo alguns jovens muito ricos. Thiago “kinG” Lopp, jogador de apenas 13 anos da equipe 9Z Team, se tornou o latino com maior premiação já obtida em uma carreira de esports. O argentino faturou US$ 900.000,00 (aproximadamente R$ 3.410.000,00) pelo quinto lugar no modo Solo e ultrapassou nomes como Gabriel “FalleN” Toledo, Epitácio “TACO” de Melo, Fernando “Fer” Alvanegra e Marcelo “coldzera” David no total de premiações. Ele também participou do torneio de duplas e terminou na 33-64ª colocação, arrematando outros 50 mil dólares.

kinG ultrapassa grandes nomes do CS:GO brasileiro no ranking de premiações (Foto: Esports Earning)

Além dos brasileiros, kinG figura a frente de outros grandes jogadores do CS:GO, como Jakey “Stewie2k” Yip e Nick “nitr0” Cannella, da Team Liquid, e de League of Legends, como Lee “Duke” Ho Seong, da Invictus Gaming, Lee “Wolf” Jae Wan, da Supermassive, e Bae “Bang” Jun Sik, da 100 Thieves.

Vencedor da Copa do Mundo no top 10 mais premiados

Kyle “Bugha” Giersdorf, da equipe Sentinels de Fortnite, entrou para a lista dos dez jogadores mais premiados nos esports. O norte-americano é o único no top 10 que não joga Dota 2. Bugha faturou uma premiação de US$ 3,000,000.00 ao vencer o título da categoria Solo na Copa do Mundo de Fortnite.

A expectativa é que pelos próximos anos o Fortnite assuma a segunda colocação no ranking de premiações dentro dos esports, podendo chegar próximo do Dota 2. O mais importante torneio do MOBA, o The International, conseguiu para a sua 9ª edição ultrapassar a marca dos US$ 30 milhões de dólares em premiação total, superando a Copa do Mundo de Fortnite, até então, a maior premiação da história dos esports.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias