Confira as 10 organizações de esports com mais ganhos em premiação em 2019

2019 foi um grande ano para os esports. O League of Legends teve recordes de audiência, o The International, de Dota 2, distribuiu a maior premiação da história dos jogos eletrônicos e o Fortnite fez alguns jovens virarem milionários da noite para o dia.

Em números, os esportes eletrônicos distribuíram mais de 200 milhões de dólares em quase 4.500 torneios, sendo que apenas a Epic Games contribuiu com 79 milhões do todo. Realmente foi um grande ano.

E 2020 promete ainda mais. Com as novas ligas do CS:GO, a expansão do Free Fire no Brasil e no mundo e o novo universo de LoL chegando a todo vapor, ano que vem tem tudo para ser maior ainda.

Sem mais delongas, confira abaixo as 10 organizações que mais faturaram em premiação durante 2019, de acordo com o site The Esports Observer:

10 – FaZe Clan: U$ 3.16 milhões

Elenco campeão europeu de PUBG da FaZe Clan (Foto: Pubgesports.eu)

A FaZe Clan é o exemplo de organização voltada para a nova geração. Com forte presença no YouTube, Instagram e outras redes sociais, é o time de esports com mais seguidores do mundo. Com seu lifestyle descolado, a FaZe influencia milhares de jovens e possui parcerias de peso, como com o clube de futebol Manchester City.

Seu carro-chefe é o Fortnite, porém onde a organização mais faturou prêmios foi no PUBG, com U$ 1.1 milhão em ganhos. O time é um dos melhores do mundo na modalidade e terminou em segundo lugar no mundial de 2019, faturando U$ 749 mil.

Logo depois, a equipe de Fortnite vem com U$ 964 mil em ganhos, grande parte vindo de sua participação na Copa do Mundo. O elenco de CS:GO, do brasileiro coldzera, contribuiu com cerca de U$ 600 mil.

9 – Sentinels: U$ 3.26 milhões

Bugha foi campeão mundial de Fortnite (Foto: Reprodução/Epic Games)

No Brasil, provavelmente ninguém ouviu falar da Sentinels. Pois é, mas ela aparece na lista apenas por conta de uma pessoa: Kyle “Bugha” Giersdorf, o grande campeão da categoria Solo da Copa do Mundo de Fortnite.

O jovem de 16 anos virou celebridade nos Estados Unidos com a sua vitória e leva todo o crédito pela Sentinels aparecer no top 10. Além dos U$ 3 milhões do título de Bugha, a organização faturou cerca de U$ 160 mil com outro battle royale, o Apex Legends. Sua equipe foi campeã da TwitchCon 2019, onde levou U$ 85 mil para casa.

8 – Team Secret: U$ 3.31 milhões

Elenco da Team Secret de Dota 2 campeão do Chongqing Major (Foto: StarLadder)

Presente em diversas modalidades, a Team Secret é mais famosa por sua vitoriosa equipe de Dota 2. No The International 2019, ela caiu nas semifinais da chave dos perdedores e acabou ficando em 4º lugar, faturando “apenas” 2 milhões de dólares.

Entretanto, ao longo do ano, a Secret ganhou diversos torneios importantes no MOBA, que acrescentaram cerca de 1 milhão de dólares a mais em sua conta. A equipe foi campeã de dois Majors, Chongqing e Disneyland Paris, e de dois ESL One, Katowice e Birmingham.

Agora, a organização anunciou sua expansão para o CS:GO e além disso, possui elencos no Rainbow Six, PUBG, Apex Legends, Fortnite e até em Age of Empires II.

7- Gen.G: U$ 3.45 milhões

Gen.G foi campeã do PUBG Global Championship (Foto: Divulgação)

Conhecida no Brasil por sua equipe de League of Legends, a Gen.G dominou mesmo foi no PUBG. Campeã mundial da modalidade, a organização faturou cerca de U$ 2.2 milhões pela vitória.

Depois do battle royale, onde a Gen.G mais venceu foi no Call of Duty, com U$ 494 mil em premiações. O restante do montante vem de um acumulado entre suas equipes de LoL, Overwatch e Fortnite.

Para 2020, a organização coreana anunciou sua expansão para o CS:GO, com a aquisição de parte do elenco ex-Cloud9 e da sensação asiática BnTeT.

6- Cooler Esport: U$ 3.51 milhões

Jogadores da Cooler Esport em ação (Foto: Divulgação)

Mais um nome pouco conhecido no Brasil, e no mundo também, a Cooler Esport teve toda sua premiação de 2019 provinda do Fortnite, que por sinal é a sua única modalidade.

A organização venceu a Copa do Mundo na categoria Duo, com os europeus Aqua e Nyhrox, e faturou U$ 3 milhões. Além disso, sua outra dupla, 4zr e Noward, ficou em 13º e embolsou outros U$ 100 mil.

Junta-se a participação no torneio com diversas premiações menores ao longo do ano e a Cooler chega ao invejável patamar de U$ 3.5 milhões, quase alcançando o top 5 na lista.

5- PSG.LGD Esports: U$ 3.54 milhões

Logo PSG.LGD (Foto: Divulgação)

A parceria entre o clube de futebol Paris Saint-Germain e a LGD rendeu bons frutos em 2019. Isso graças a sua equipe de Dota 2, que ficou em 3º lugar no The International deste ano e faturou mais de 3 milhões de dólares.

Outras boas participações nos principais campeonatos do ano na modalidade, como o 4º lugar nos Majors de Chongqing e da Dinsey, renderam mais alguns milhares de dólares à organização.

Para fechar a conta em 3.5 milhões, a PSG.LGD teve contribuições de sua equipe de Overwatch e FIFA, que juntas adicionaram cerca de 100 mil dólares ao bolo.

4- Lazarus: U$ 4.22 milhões

Logo Lazarus (Foto: Divulgação)

Mais uma grande organização com diversas modalidades mas que aparece na lista graças a um torneio. Neste caso foi, novamente, a Copa do Mundo de Fortnite. Mesmo não tendo ganho em nenhuma categoria, a Lazarus levou seis jogadores à competição, o que por si só já garantiria uma boa premiação.

A ótima participação da dupla Rojo e Wolfiez, que ficou com o vice-campeonato no Duo, somado ao 4º lugar de Kreo no Solo deu um total de U$ 3.3 milhões em premiação à organização. Ao todo, a Lazarus faturou U$ 3.6 milhões com Fortnite em 2019.

A organização conta com diversos times em outras modalidades, que vão desde Brawlhalla ao CS:GO. Porém, a soma de suas premiações não chega nem perto ao pago pela Epic Games.

3- NRG Esports: U$ 5.28 milhões

San Francisco Shock vence a Overwatch League (Foto: Blizzard)

“2019 foi um ano dos sonhos para a NRG”, disse o Co-CEO Andy Miller ao The Esports Observer. E realmente foi.

Apesar da maior parte de seus ganhos ter vindo do Fortnite (U$ 2.85 milhões), a vitória na Overwatch League, com o San Francisco Shock, rendeu belos U$ 1.5 milhão à organização. Como se não bastasse, sua equipe de Rocket League foi campeã mundial e embolsou U$ 200 mil.

O elenco de CS:GO, antes de ser vendido à Evil Geniuses, contribuiu com U$ 368 mil.

Para 2020, a NRG já garantiu sua vaga na Call of Duty League, através do Chicago Huntsmen, o que deixa a empresa com boas perspectivas, estando presente em duas grandes ligas americanas.

2- Team Liquid: U$ 9.40 milhões

Elenco de CS:GO da Team Liquid campeão da ESL One Cologne (Foto: HLTV)

Com certeza a organização mais completa e vitoriosa dentro da lista. Apesar de grande parte do faturamento ter vindo de sua equipe de Dota 2, a Team Liquid possui elencos vitoriosos em quase todos os grandes jogos.

O ótimo início e meio de ano do seu time de CS:GO, conquistando grandes títulos como ESL Pro League S9, DreamHack Masters Dallas e ESL One Cologne, rendeu mais de U$ 2.3 milhões ao fim de 2019.

Pelo Dota, a Liquid ficou em 2º lugar no The International e levou para casa U$ 4.4 milhões. Já no League of Legends, foi campeã dos dois splits da LCS e vice-campeã do Mid-Season Invitational, faturando um total de U$ 455 mil.

A organização é uma gigante no mundo dos esports e possui equipes em diversas modalidades, incluindo a brasileira campeã mundial de Rainbow Six Siege.

1- OG: U$ 15.84 milhões

OG fez história ao ganhar pela segunda vez seguida o The International (Foto: Divulgação)

Sem muitas surpresas, a OG, bicampeã do The International, aparece em primeiro da lista. A vitória no TI deste ano rendeu à equipe um total de U$ 15.6 milhões, praticamente toda a sua premiação do ano. Soma-se essa quantia às participações nos Majors e a OG é disparada a que mais faturou dinheiro.

A organização parceira da Red Bull anunciou recentemente uma expansão para o CS:GO, sua segunda modalidade em equipes depois do Dota 2.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias