Após pronunciamento da Epic, Zenon poderá jogar Arena “nos próximos meses”

O mutirão feito na internet a favor de Zenon, streamer da DETONA de apenas 9 anos que foi punido pela Epic Games por 1.459 dias em Fortnite, surtiu efeito. Ele recebeu uma resposta da desenvolvedora do battle royale, que afirmou que irá trabalhar para retirar a punição do jogador.

Zenon foi punido em plena transmissão ao tentar jogar o modo Arena de Fortnite. Por lei, ele precisa ter ao menos 13 anos para jogar competitivamente. Por conta desta regra, o banimento dele acabou se estendendo para o modo do jogo. Ao perceber que tinha recebido a punição, o jogador caiu no choro. As cenas viralizaram nas redes sociais e chegaram até Ninja, que se manifestou a favor do brasileiro (leia mais aqui).

Resposta da Epic

Por meio de uma nota dada ao blog GGWP, da UOL, a Epic Games afirmou que “o banimento no competitivo provoca o bloqueio da participação de jogadores no modo Arena”. No entanto, disseram que vão “implementar uma atualização nos próximos meses para que os jogadores que não forem elegíveis para participar de eventos competitivos possam continuar jogando o modo Arena”.

Apesar de ainda não ter uma data precisa para poder voltar ao modo, Zenon comemorou no Twitter o pronunciamento da desenvolvedora. Além de agradecer à todos, ele afirmou que poderá jogar em sua conta quando a atualização prometida pela Epic Games acontecer.

Ainda na nota enviada ao GGWP, a desenvolvedora afirmou que, ao contrário do que está sendo afirmado, Zenon não teve a conta banida. Isso porque ele ainda pode participar de qualquer modo que não seja competitivo. Por fim, ressaltou que o tempo do “banimento” não foi dado à gravidade da situação, mas sim pelo tempo necessário para ele completar 13 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias