Krafton processa Garena alegando que Free Fire copiou PUBG

De acordo com a Reuters, a desenvolvedora de PUBG, Krafton, está processando a Garena na justiça de Los Angeles (EUA) por infração direitos autorais. Na ação, a Krafton alega que por meio do Free Fire, a Garena copiou diversos elementos do seu battle royale, incluindo itens, equipamentos e mapas.

O processo também inclui o Google e a Apple. Isso porque a Krafton quer bloquear a distribuição de Free Fire e Free Fire MAX nas lojas de aplicativos das empresas e retirar do YouTube vídeos de gameplays e live-action dos jogos.

+ Gerador de nicks para Free Fire: personalize seu nome
+ Gerador de assinaturas para Free Fire: personalize sua bio

As ações da Krafton tiveram início em dezembro de 2021, quando a desenvolvedora pediu diretamente aos envolvidos a retirada do Free Fire das lojas, mas não foi atendida. Agora, com o processo correndo na justiça, além de pedir o bloqueio de Free Fire, a Krafton também pede uma indenização por danos na forma de uma porcentagem do lucro gerado até então pelos jogos.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.