Destiny 2: devo comprar Lightfall? Qual DLC investir?

Destiny 2 Lightfall
Imagem: Reprodução/ Bungie

Lightfall, a nova DLC de Destiny 2, já está entre nós. Como de costume, a nova temporada do looter shooter da Bungie atrai diversos novos jogadores, que podem se sentir um tanto quanto perdidos, sobretudo nas questões: qual DLC vale a pena investir? Por qual delas começar?

Pensando nisso, o The Clutch montou um guia para iniciantes que certamente te deixará mais preparado para toda a emoção que Lightfall pode oferecer.

anúncio betboomanúncio betboom

Do que se trata Destiny 2

Destiny 2 é um jogo de serviço, o que significa que é constantemente atualizado com novos conteúdos que trazem desafios, itens, personagens e uma nova história. O jogo é de tiro em primeira pessoa, mas também possui câmera em terceira pessoa em determinados momentos.

Nele, o jogador encontra um gigante mundo aberto onde é possível obter diversos equipamentos classificados por raridade. A busca por mais poder e itens lendários é um dos combustíveis que movem a apaixonada comunidade do jogo.

Se você começou a jogar agora, cerca de seis anos após seu lançamento, é natural se sentir perdido em relação ao enredo e sua rica tradição.

Em resumo, Destiny 2 se passa durante a era de ouro da humanidade. Abençoados por uma entidade conhecida como “O Viajante”, adquirimos conhecimento suficiente para colonizar outros planetas e aumentamos significativamente nossa taxa de sobrevivência — uma pessoa de 90 anos é considerada jovem. Porém, toda essa prosperidade veio de mãos dadas com a descoberta de novas espécies, e os conflitos se tornaram inevitáveis.

Com isso, a chegada das Trevas pôs fim ao paraíso construído pela humanidade com a sabedoria da Luz. A extinção esteve muito próxima quando o Viajante, em seu último ato de compaixão, se sacrificou para nos salvar e se tornou os chamados “Fantasmas”, uma inteligência artificial movida pela Luz (bondade) que é capaz de escolher e auxiliar um Guardião, um guerreiro que tem a missão de lutar contra as Trevas e tudo que põe em risco o futuro da humanidade.

Destiny 2 - Fantasma
Os fantasmas são como pedaços do Viajante que seguem protegendo a humanidade (Imagem: Reprodução/Bungie)

Quais sãos as DLCs de Destiny 2

Atualmente, Destiny 2 pode ser jogado gratuitamente. No entanto, a versão grátis do jogo é bem rasa com relação ao conteúdo, o que, consequentemente, exige que o jogador invista em seus DLCs para ter acesso a novas colônias e equipamentos.

Hoje, o jogo conta com os seguintes DLCs (em ordem cronológica, do mais recente para o mais a antigo):

  • Destiny 2: A Queda da Luz (Lightfall)
  • Destiny 2: Coleção de Clássicos (2023)
  • Destiny 2 Pacote do 30º Aniversário da Bungie
  • Destiny 2: A Bruxa Rainha
  • Destiny 2: Além da Luz
  • Destiny 2: Fortaleza das Sombras
  • Destiny 2: Pacote Renegados

Em qual DLC vale a pena investir

Em um mundo ideal, seria recomendável adquirir todas elas! Mas colocando em uma escala de prioridade, eu fortemente recomendo investir logo de cara em Lightfall, a mais recente do jogo.

Isso porque é lá que estão os olhos da comunidade, o novo passe de batalha, bem como as novas incursões e masmorras. No entanto, os DLC antigos trazem algumas armas e itens exclusivos que são usados até hoje em Destiny 2.

No caso da DLC Além da Luz, o acesso à ela ainda disponibiliza uma subclasse exclusiva.

A boa notícia é que o Pacote Coleção de Clássicos (2023) traz um bundle com os DLCs Bruxa Rainha, Além da Luz, Fortaleza das Sombras e o Pacote Renegados, com um preço promocional.

Destiny 2 - pacote renegados
Armas lendárias disponíveis na DLC Pacote Renegados (Imagem: Reprodução/Bungie)

Classificar os DLCs em ordem de prioridade é bastante desafiador. É preciso levar em consideração se você prioriza o fator história ou os itens.

Bruxa Rainha, por exemplo, tem muitos itens incríveis, uma campanha excelente — para muitos, a melhor até hoje — mas começar sua jornada em Destiny 2 com ela pode prejudicar seu entendimento da história. O ideal é jogar Fortaleza das Sombras e Além da Luz primeiro.

Dito isso, minha classificação de recomendação pessoal seria a seguinte:

  1. A Queda da Luz (Lightfall) – O DLC mais recente e com o atual passe de temporada.
  2. Coleção de Clássicos (2023) – Em um mundo ideal, essa seria a melhor opção para adquirir logo após o DLC atual.
  3. Fortaleza das Sombras – Se não for possível investir em Coleção de Clássicos (2023), essa pode ser uma boa segunda escolha. Fortaleza das Sombras tem uma campanha que eu particularmente amei (ela se passa na Lua ♥), tem itens interessantes e acaba sendo o ponto de partida para o atual arco do jogo.
  4. Além da Luz – A campanha de Além da Luz é muito boa e explica bastante a questão das Trevas. Além disso, o conteúdo conta com uma subclasse exclusiva.
  5. A Bruxa Rainha – O DLC A Bruxa Rainha foi altamente elogiado pela crítica e pela comunidade de Destiny 2. Além de uma excelente campanha, ele disponibiliza acesso a diversas atividades excelentes para garantir bons loots.
  6. Pacote Renegados – O Pacote Renegados possui algumas das melhores armas de Destiny 2, muito utilizadas em várias delas até hoje no game. A campanha, por sua vez, é extremamente confusa, uma vez que grande parte dela foi cortada do jogo para fazer sentido com a lore atual.
  7. Pacote do 30º Aniversário da Bungie – Sem dúvidas, o Pacote do 30º Aniversário da Bungie deve ficar no fim da lista e aguardar por uma boa promoção ou apenas deixar passar mesmo. Isso porque ele é focado em itens cosméticos, não introduziu uma nova campanha e, no geral, não tem armas tão boas assim, salvo o clássico lançador de foguetes Gjallarhorn. Além disso, o conteúdo libera o acesso à masmorra Domínio da Avareza e é só isso.

Como funciona o sistema de temporadas em Destiny 2

A Bungie opta por um calendário anual de lançamento de temporadas em Destiny 2. Ou seja, a cada ano um novo DLC é lançado.

Junto com o conteúdo, é lançado também um passe de temporada, que diferente de outros jogos, onde o jogador é recompensado apenas com itens ingame, e a história de Destiny 2 avança conforme o seu progresso no passe.

Por isso, o ideal é que você sempre invista na versão do DLC que inclui o passe de temporada.

Lightfall vale a pena?

Lightfall traz ao jogo um novo e sombrio vilão, a Testemunha. E as novidades não param por aí.

A nova subclasse Filamento, que entre outras coisas traz mais mobilidade no mundo aberto do jogo, bem como uma dose extra de diversão e agilidade aos combates.

No maior estilo homem-aranha, é possível usar uma espécie de arpéu de energia e se locomover rapidamente pelo mapa. Além disso, os fios potentes podem manter inimigos presos, algo semelhante ao congelamento da subclasse Estase.

destiny2-lightfall
(Imagem: Reprodução/Bungie)

Em suma, Lightfall traz uma campanha memorável, um vilão de respeito, novos itens, desafios, além, é claro, da inédita subclasse Filamento. O novo DLC é compra obrigatória para qualquer guardião disposto a aproveitar mais esse grande lançamento da Bungie.

Com a compra de Queda da Luz + Passe Anual, você desbloqueia instantaneamente o Fuzil Automático Exótico Torrente Mercurial, bem como recebe a chave a Chave de Masmorra de Queda da Luz que desbloqueia as masmorras da Temporada 21 e 23, e muito mais.

Destiny 2 está disponível para PC, PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series S/X e PC.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

melhores cassinos online melhores cassinos online