CBLOL: Yuri, da Rensga, é suspenso por uma rodada por toxicidade

Hee-min ‘Yuri’ Cha, jogador da rota do meio da Rensga Esports, foi suspenso pela Riot Games por um jogo no CBLOL por conduta tóxica em servidor público de League of Legends. Nesta segunda-feira (7), por meio de um comunicado em seu blog, a publicadora informou da infração aplicada ao sul-coreano.

+ CBLOL: Estreia de Flamengo e paiN pelo 2º Split teve mais de 230 mil espectadores
+ CBLOL: Rensga e Flamengo lideram na semana de estreia
+ CBLOL: Viego e Gwen estarão disponíveis no 2º Split

Na nota, os árbitros do campeonato receberam uma denúncia de que Yuri teve um comportamento extremamente tóxico durante uma partida no servidor LIVE.

“Esperamos que membros das equipes mantenham um comportamento cordial e respeitoso dentro e fora de jogo, e não podemos tolerar quaisquer tipos de linguagem ofensiva. Esse tipo de conduta é considerada grave e viola tanto o Regulamento da Temporada 2021, quanto o Código de Conduta do League of Legends”, informou a Riot Games.

Assim, o atleta da Rensga infringiu a regra 10.1.2 (Ofensas e Discurso de Ódio), recebendo uma punição de um jogo de suspensão. Ou seja, ele não jogará no próximo sábado (12), contra a KaBuM! e-Sports, além de receber uma multa de R$ 5 mil.

A Rensga terminou a semana de estreia do CBLOL com duas vitórias, alcançando a liderança do campeonato ao lado do Flamengo. Com a suspensão de Yuri, fica a expectativa de que João Luis “Marf” Piola, da equipe Academy, entre no lugar do sul-coreano para a próxima rodada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img