LoL: Cloud 9 mantém a invencibilidade na semana 2 da LCS

A segunda semana da LCS chegou ao fim neste domingo (21), com algumas mudanças na tabela. O que não mudou, no entanto, foi a dominância da Cloud 9, o campeão do Spring Split da liga deste ano. Ainda se mostrando a equipe imbatível, essa semana foi mais uma oportunidade de deixar isso claro para todos os adversários. 

Mas não foi apenas a Cloud 9 que jogou bonito e conquistou boas vitórias nessa semana. Por isso vamos falar de todos os times da liga e a performance de cada um. 

Cloud 9

No Split passado a Cloud 9 perdeu apenas uma partida durante toda a liga, mas também começou o campeonato imbatível, conseguindo a façanha de ficar 13 partidas seguidas sem perder. A TSM foi a única equipe a bater a Cloud 9 na fase regular, mas caiu para a Flyquest nos playoffs. 

Nesse Split a Cloud 9 já completa 4-0 e ganhou sem tantas dificuldades nos dois dias da semana. Primeiro contra a Evil Geniuses, que estava 2-0, igualmente como a C9. Mas foi um atropelo total da C9, sequer dando chances para o adversário. Já no domingo o adversário foi a Golden Guardians, que estava 1-2. 

Ainda com instabilidades neste split, a GG deu um trabalho considerável para a Cloud 9, que começou mal e permitiu que o adversário se aproveitasse de abates importantes e abrisse uma vantagem interessante. No entanto, com paciência e foco, a Cloud 9 conseguiu virar bem e conquistou os Barões, Arauto e se ajeitou nas horas das team fights.

Evil Geniuses

Apesar da má atuação na partida contra a Cloud 9, a EG se recompôs neste domingo e enfrentou a Team Liquid. Mostrando um jogo mais encorpado e confiante, a EG colocou a TL no bolso e levou a vitória para a casa de maneira fácil.

Até em então a Team Liquid vinha com 3 vitórias e nenhuma derrota, mas mostrou uma jogabilidade pífia e pouca maestria para lidar com o adversário. Fez o first blood, mas depois deixou a EG brincar em Summoner’s Rift, e comandou bem todas as etapas da partida. 

Agora a EG fecha a segunda semana com 3-1 e em 3º lugar, atrás apenas da C9 e CLG. 

Team Liquid

O time que surpreendeu a todos no MSI 2019 ainda está penando para se reencontrar desde o último split de 2020. Com a saída de Doublelift, a TL ainda está em um processo de aprendizado e não tem feito partidas tão limpas e de alto nível. 

No sábado o time enfrentou a 100 Thieves, que está em uma situação delicada também, com 3 derrotas e 1 vitória até agora. Ainda assim a partida foi bem competitiva, apesar de bagunçada e sem muito foco das equipes. 

A TL aproveitou bem as vantagens dos 10 minutos iniciais e com isso foi controlando a partida quando sofria alguma baixa ou perigo da 100 Thieves. De forma meio desorganizada, mas ainda assim com a intenção de acuar a 100 Thives e sair com a vitória. 

Já contra a EG, a TL fez uma partida bastante pífia e fraca, e sequer parecia ser um time com o peso da camisa que a Team Liquid. 

Golden Guardians

A GG jogou essa semana contra a CLG e a C9, duas pedreiras. Apesar da derrota nas duas partidas, a GG mostrou que é possível criar uma estratégia para pressionar o time mais forte do ano até então. Os guardiões dourados deram sufoco na C9 no início da partida e começou melhor, conseguiu boas vantagens.

O problema mesmo foi do meio da partida em diante, com a GG perdendo o rumo e não sabendo aproveitar brechas para conquistar objetivos. E pior, deixou que a C9 conseguisse os objetivos e voltasse para o jogo pois a vantagem em ouro não foi ampliada. 

Agora a GG sofre com 1-3, mas ainda pode renascer bem nesse split e surpreender, ainda que sua atuação não esteja encaixado muito bem, assim como aconteceu contra a CLG, amargando a derrota ainda na sexta-feira. 

100 Thieves

Amargando 3 derrotas seguidas na LCS, a 100 Thieves veio com uma mentalidade diferente apenas no domingo, na tentativa de mostrar que ainda pode jogar bem e subir na tabela. Apesar de perder para a Team Liquid no sábado, no domingo a 100 Thieves enfrentou a Immortals e mostrou sua dominância por toda a partida. 

Destruindo a Immortals com um jogo bem limpo e focado em objetivos, abates e pressão em todo o mapa, a 100 Thieves saiu com a primeira vitória na LCS. 

Immortals

O time até então mais fraco da liga ainda está precisando se encontrar e rever suas estratégias para esse split. Ainda o time se mostra confuso e desorganizado in-game, os jogadores não parecem ter sintonia e tudo isso prejudica bastante o nível de jogo. 

Essa forma de jogo foi bastante visível tanto no jogo contra a TSM na sexta-feira, quanto contra a Dignitas no dia 21. A apatia e o sentimento defensivo e acuado estão muito presentes. Como ainda estamos no início do campeonato, é possível que a Immortals ainda se renove e olhe por outras vias para se restabelecer na liga. Ainda não é tarde. 

Dignitas

Se igualando à Immortals, a Dignitas também está sem vencer até aqui na LCS. Ao contrário da Immortals, no entanto, a Dignitas mostrou mais atuação nos jogos, ainda que saindo derrotada. O início das partidas da Dig foram interessantes e até com chances reais de saírem com a vitória.

Foi o caso com a CLG, que agora está em 2º lugar na tabela. Já no domingo a Dignitas enfrentou a Flyquest, a vice-campeã da LCS Spring SPlit 2020, e teve reais dificuldades de fazer a formação de campeões funcionar e no fim acabou ficando apenas atuando na defesa a partida inteira. 

Counter Logic Gaming

Surpreendendo a todos, a CLG saiu com uma vitória importante contra a Dignitas e está agora com 3 vitórias e 1 derrota. O número garante o 2º lugar na tabela, empatada com outros times, mas ainda assim tendo algumas vantagens consideráveis. 

Saindo de um split deplorável que foi no primeiro semestre, a CLG tem se reerguido e atuado com mais paciência e foco. Contra a Dignitas aconteceu exatamente isso. A Dig começou melhor, teve o early game totalmente controlado. O que acontecia antes com a CLG: perdiam a calma logo de início e deixavam um fio de retorno escapar. 

Na partida de sábado a equipe teve uma atitude diferente. Não deixou o nervosismo bater e teve calma para ir fechando objetivos e punindo aos poucos para não deixar a vantagem de ouro ficar absurda, assim como não perder terreno no mapa. Com calma, o time retomou a partida e saiu com a vitória, virando o jogo. 

Já contra a GG, a CLG também foi bem e mostrou que está nesse split para brigar pelo topo, ainda mais se continuar jogando como está. 

Flyquest

Essa semana a Flyquest foi inquestionável nas suas partidas. No sábado o time jogou com a temida TSM, e jogou bonito, com confiança e muita moral. A TSM veio com um Volibear e Fiddlesticks, os últimos campeões que receberam rework da Riot, mas não fez uma boa atuação. 

A Flyquest conseguiu vencer na base das team fights e procurando abates importantes em momentos diferentes da partida, mas o importante é que saíram com a vitória. Já contra a Dignitas no domingo, a atuação foi ainda mais dominante.

Essa semana o destaque da LCS foi Santorin, player da Flyquest que atuou de forma sólida e foi peça importantíssima para as vitórias do time. Junto com a CLG e EG, a Flyquest fecha a segunda semana com 3-1. 

Imagem
Jogador da semana foi Santorin, jungler da Flyquest. Créditos: LCS/Riot Games

TSM

A TSM teve um jogo fácil na sexta-feira, contra a Immortals e colocou na conta mais uma vitória. Já no domingo a história foi outra. Mal pareceu a TSM jogando contra a Flyquest. O time parecia perdido, sem qualquer foco em objetivo ou em responder o adversário à altura.

A Flyquest começou melhor e permaneceu no controle da partida durante todo o tempo. O jogo não foi também muito organizada, mais focada em abates e brigas no rio para conquistar o dragão. Agora a TSM amarga a 6ª posição com 2 vitórias e 2 derrotas. 

A LCS volta na sexta-feira (26), com a transmissão de 2 jogos, iniciando às 22h do horário de Brasília. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias