A CNB e-Sports Club venderá sua vaga na próxima etapa do Circuito Desafiante e ficará fora do League of Legends profissional em 2020. O clube informou, no entanto, que manterá seus times de base.

Segundo o anúncio, a organização “vem passando por uma grande reformulação e mudanças de diretrizes, a fim de buscar renovações e inovações para o cenário de esports”.

Olá, Blumers e amantes dos esports.Nos últimos meses, o CNB vem passando por uma grande reformulação e mudanças de…

Slået op af CNB e-Sports ClubOnsdag den 13. november 2019

A CNB era até a temporada passada a única equipe do CBLoL (Campeonato Brasileiro de League of Legends) que não havia sido rebaixada. Entretanto, com a derrota para a Vivo Keyd e consequente queda para o Circuito Desafiante 2020, os Blumers perderam o status.

A equipe foi finalista nas edições de 2013, 2014 e 2016, mas acabou sendo vice-campeã nas três ocasiões. A organização também conta com investidores como Ronaldo Fenômeno, pentacampeão com a seleção brasileira, e André Akkari, jogador profissional de Poker e dono da FURIA Esports.

Agora, o seu futuro fica indefinido. De acordo com o divulgado, a CNB passará a “focar 100% das energias em nossos projetos de formação de novos jogadores e desenvolver profissionais em diversos segmentos para trabalharem no mercado de esports, que tem demandado cada vez mais pessoas qualificadas”.

Portanto, ao que parece, o foco deixará de ser nas competições e passará a ser na formação de profissionais para diversas áreas relacionadas ao esports, incluindo atletas.

Deixe seu comentário