LoL: Power Ranking coloca Brasil na última colocação do mundo

Segundo um levantamento feito por um dos editores do Leaguepedia — principal base de informações competitivas do MOBA da Riot Games —, Alejandro Sandoval, o Brasil está em uma situação um tanto quanto desfavorável em relação às demais regiões do League of Legends (LoL) mundial. Isso porque o relatório publicado por ele aponta que a região é a mais fraca em campeonatos internacionais nos últimos anos.

O ranking tem como critério os desempenhos das equipes que representaram suas respectivas regiões nos torneios internacionais de LoL entre 2018 e 2020. Assim, foi dada uma pontuação para cada país com base nos últimos três Worlds e no MSI de 2019.

Com isso, a China (LPL) lidera o Power Ranking de Alejandro, com 21 pontos, devido às conquistas dos Mundiais de 2018 e 2019, do vice em 2020 e de ter chegado às semifinais do último MSI realizado — uma vez que a competição de 2020 foi cancelada por conta da pandemia. Logo atrás estão a Europa (LEC), com 20 pontos, e Coreia do Sul (LCK), com 17 pontos, fechando assim as três melhores regiões do mundo.

A pontuação do Brasil (CBLOL) se deve em função das fracas campanhas desempenhadas pelas equipes do país, que não conseguiram sair da Fase de Entrada em nenhum dos torneios utilizados no levantamento. Assim, o país soma apenas 1,75 pontos, ficando atrás de Japão e Oceania.

Inclusive, o CBLOL acabou caindo para o quarto pote (seed) das equipes para a disputa do MSI desta temporada. Os grupos da competição foram definidos na última terça-feira (30), em sorteio surpresa feito pela Riot Games.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias