LoL: Riot Games será investigada por discriminação de gênero

As polêmicas envolvendo escândalos de cultura de sexismo e discriminação dentro da Riot Games ganharão um novo capítulo. Isso porque o Estado da Califórnia, nos Estados Unidos, fará uma investigação na empresa sobre o ocorrido.

Leia também

Entenda a situação

O caso ocorre desde a declaração que o Kotaku publicou pela primeira vez sobre o assunto um ano atrás. O portal descreveu um ambiente de comportamento inadequado até mesmo por membros mais experientes dentro da Riot. A empresa tentou contornar a situação para consertar esse tipo de cultura. Entretanto, mais de 150 funcionários saíram no final de maio para protestar contra a desenvolvedora do League of Legends.

“As ações de hoje servem apenas para silenciar as vozes de pessoas que se manifestam contra essa conduta imprópria e demonstram que as palavras da empresa não passavam de palavras de ordem”, disse Ryan Sava, advogado dos reclamantes, à Kotaku na época.

Agora, o Estado da Califórnia fará uma investigação em busca de irregularidades na empresa. Caso encontrem algo, isso pode trazer mais danos à Riot Games daqui pra frente.

Com as constantes notícias relacionadas à escândalos envolvendo a empresa, quaisquer outras ocorrências de pagamento desigual ou discriminação de gênero semelhante poderiam prejudicar seriamente um dos maiores participantes do mercado de jogos.

Fonte: VPEsports

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias