Veja todas as músicas das edições do Worlds

worlds
Foto: Reprodução/Riot Games

O Worlds é o campeonato mais importante do calendário competitivo de League of Legends. É verdade que o grande foco do evento está no confronto entre os melhores times do mundo em busca da Taça do Invocador, mas há um detalhe que sempre deixa a comunidade com grandes expectativas: a música tema do campeonato. Por isso, o The Clutch preparou uma lista para trazer detalhes sobre as músicas de cada edição do Worlds.

Warriors – Imagine Dragons (2014)

Atualmente, é tradição que todo ano terá uma música tema do Worlds. Só que esse costume só começou em 2014, já na terceira edição do mundial de LoL. A música em questão foi “Warriors”, produzida pela banda Imagine Dragons. 

anúncio betboomanúncio betboom

O fato marcou a época por trazer um grupo musical de relevância, e isso fez com que a música alcançasse uma parcela do público fora do nicho do LoL. Antes de fazer a parceria com a Riot, o Imagine Dragons tinha lançado seu primeiro álbum em 2012, o Night Visions, que tinha o hit “Radioactive”.

O lançamento foi um sucesso e até hoje é um dos temas de Worlds mais celebrados pela comunidade. Além disso, a música estabeleceu o tom do que seria a maior parte das futuras produções.

Worlds Collide – Nicky Taylor (2015)

Depois do sucesso de Warriors, Worlds Collide não foi tão bem recebida pelos fãs, muito pelo fato de não ter um videoclipe com uma animação bem trabalhada como aconteceu no ano anterior. Atualmente, não é muito lembrada nos rankings de melhores músicas da Riot Games.

A música é cantada por Nicki Taylor, cantora que trabalhou com a desenvolvedora pela primeira vez no tema da campeã Vi, com a música “Here Comes Vi”. Ela também é streamer na Twitch e representa a organização Gen.G. Na maioria das suas lives, Taylor joga League of Legends.

Ignite – Zedd (2016)

Ignite até hoje é a música-tema de Worlds mais diferente de todas que foram produzidas para o evento. Ao invés de seguir no gênero de pop/rock, ela é completamente voltada para a música eletrônica. Talvez pelo fato de ter sido tão diferente, os fãs também não lembram dela com tanto carinho.

Zedd é um DJ russo-alemão que tem dois álbuns lançados: Clarity (2012) e True Colors (2015). Ao longo de sua carreira, fez colaborações com Lady Gaga, Ariana Grande e Selena Gomez.

Legends Never Die – Against The Current (2017)

Legends Never Die é considerada por muitos fãs a melhor música-tema de Worlds já produzida. Assim como Warriors, a produção conseguiu furar a bolha do público de League of Legends e passou a ser reconhecida por pessoas não familiarizadas com o jogo. Um fato interessante é que a canção ganhou uma versão brasileira no ritmo de samba feita por fãs, que ficou muito popular no país.

Legends Never Die foi produzida pela Against The Current, banda de pop/rock. Eles têm dois álbuns lançados: In Our Bones (2016) e Past Lives (2018).

Rise – The Glitch Mob, Mako e The Word Alive (2018)

Rise também é uma das músicas de Worlds mais bem recebidas pelos fãs. Além da qualidade da canção, que tem uma letra que sintetiza muito bem o sentimento de competição, o videoclipe tem uma animação excelente. Aliás, o estúdio responsável pelo trabalho foi o Fortiche, que produziu a aclamada série Arcane e que também fez várias outras colaborações com a Riot Games.

A música foi produzida por uma equipe grande e diversa de artistas: The Glitch Mob, um grupo de música eletrônica; The Word Alive, uma banda de metalcore; e Mako, DJ norte-americano.

Phoenix – Cailin Russo e Chrissy Constanza (2019)

Phoenix é mais uma das músicas que se destacou por conta do seu videoclipe. A produção mistura trechos em animação com filmagens da vida real e o resultado agradou bastante os fãs. O clipe traz grandes nomes do competitivo de LoL, como Rasmus “Caps” Winther, Song “Rookie” Eui-jin e Lee “Faker” Sang-hyeok.

A música é cantada por Cailin Russo e Chrissy Constanza, vocalista da banda Against The Current, que já tinha participado da produção de Legends Never Dies.

Take Over – Jeremy Mckinnon, MAX e Henry Lau (2020)

Take Over não é uma das músicas mais lembradas pelos fãs, mas no fim das contas, tem bastante qualidade. Seu diferencial é o videoclipe em animação que traz referências a jogadores que marcaram a história do Worlds.

No clipe, o protagonista é treinado por Faker e enfrenta Enrique “xPeke” Cedeño, campeão pela Fnatic em 2011; Cho “Mata” Se-hyeong, campeão pela Samsung White em 2014; Yu “JackeyLove” Wen-bo, campeão pela IG em 2018; Chang “BeBe” Bo-Wei, campeão pela Taipei Assasins em 2012; e Gao “Tian” Tian-liang, campeão pela FPX em 2019. Todos eles foram representados como campeões característicos de suas carreiras. 

Esta música também foi produzida por uma equipe diversa: Jeremy Mckinnon, integrante da banda A Day To Remember; MAX, cantor de pop; e Henry Lau, cantor, compositor, dançarino e ator.

Burn It All Down – PVRIS (2021)

Burn It All Down segue a mesma linha de Take Over em seu clipe. Só que dessa vez, traz Heo “ShowMaker” Su em evidência, jogador que tinha sido campeão pela Dawmon KIA no Worlds 2020. No vídeo, outros grandes profissionais aparecem em destaque, como Erik “Rekkles” Larsson, Jeong “Chovy” Ji-hoon e Park “Viper” Do-hyeon.

O clipe ainda tem referências a personalidades do cenário brasileiro do LoL. Em determinado trecho, aparece uma arte em um muro representando o jogador Leonardo “Robo” Souza, e no mesmo lugar, também há referências de bordões dos narradores Tácio Schaeepi e Diniz “Gruntar” Albieri.

Em outro momento, aparecem Felipe “brTT” Gonçalves e Francisco “fNb” Brás, em referência à final do CBLOL entre paiN Gaming e Vorax que aconteceu na primeira etapa de 2021.

A música Burn It All Down foi performada pela banda PVRIS, que tem três álbuns publicados: White Noise, All We Know of Heaven e Use Me. Na época, a música não chegou a receber rejeição, mas também não foi tão aclamada, assim como Take Over.

Star Walkin’ – Lil Nas X (2022)

O anúncio de que Lil Nas X iria cantar a música-tema do Worlds 2022 gerou bastante comoção na comunidade de LoL. Isso porque poucos esperavam que a Riot faria parceria com um artista que tinha tanta visibilidade no mundo da música.

Quando Star Walkin’ foi lançada, a música e o clipe tiveram recepção mista. Alguns fãs estranharam o estilo fora do padrão do que vinha sendo feito nos últimos anos, mas outros abraçaram a nova proposta. Já em relação ao clipe, foi consenso de que a produção deixou a desejar por ser muito simples.

Lil Nas X é rapper, cantor e compositor que ficou famoso no meio musical depois do lançamento do seu hit Old Town Road. Desde então, só tem crescido cada vez mais em relevância contando com premiações no Grammy, MTV Music Awards e American Music Awards.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

melhores cassinos online melhores cassinos online