Cenário musical do LoL: tudo sobre Pentakill, K/DA e True Damage

pentakill
Foto: Reprodução/Riot Games

A Riot Games é uma empresa muito consolidada no meio dos games e muito disso se dá pelo seu primeiro grande sucesso, o League of Legends. Contudo, muitos podem não saber que a desenvolvedora também fez investimentos de qualidade no ramo da música. Por isso, neste artigo, o The Clutch te conta tudo sobre os grupos Pentakill, K/DA e True Damage.

Pentakill

Pentakill
Foto: Reprodução/Riot Games

Tudo começou com uma ideia sem grandes pretensões dos desenvolvedores de LoL. Como eram fãs de bandas de heavy metal, acharam que seria bacana fazer skins relacionadas a este universo dentro do MOBA.

anúncio betboomanúncio betboom

Os primeiros campeões a receber os cosméticos foram Sona e Mordekaiser, mas logo Olaf, Karthus e Olaf também ganharam as suas versões. Algumas skins tiveram como referência metaleiros famosos como Slash e Vinnie Paul.

Depois disso, a Riot foi além e lançou o álbum de metal Smite and Ignite em 2014. A produção trouxe seis faixas e contou com músicos experientes para representar os personagens do jogo. Os artistas em questão foram ZP Theart, Mike Pitman, Tommy Lee , Per Johansson, Noora Louhimo, Derek Sherinian, Danny Lohner e Jørn Lande. 

As músicas tiveram influência de bandas como Avantasia, Dream Theater, Night Wish e Sonata Arctica.

O lançamento foi um sucesso e chegou a ficar no topo das mais ouvidas do iTunes na época na categoria metal. A iniciativa ainda ganhou mais dois álbuns: Grasp of The Undying (2017) e Lost Chapter (2021).

Um fato curioso é que a primeira vez que o Pentakill fez uma apresentação ao vivo foi aqui no Brasil, na abertura da final do CBLOL 2015. O país ainda voltou a receber apresentação na decisão da segunda etapa de 2017.

K/DA

K/DA
Foto: Reprodução/Riot Games

Depois do sucesso com o Pentakill, a Riot decidiu investir em mais um grupo musical com personagens de LoL, desta vez em um gênero diferente. O K/DA é um grupo de pop que tem as campeãs Akali, Evelyn, Ahri e Kai’Sa como destaques. 

O primeiro single da girl band foi POP/STARS, lançado em 2018, junto com as skins temáticas do grupo. Com as vozes das artistas (G)I-DLE, Soyeon, Miyeon, Jaira Burns e Madison Beer representando as campeãs, o K/DA teve a primeira apresentação ao vivo na abertura da final do Worlds 2018.

Em 2020, a Riot trouxe a banda de volta com o EP All Out, que recebeu cinco novas músicas: The Baddest, Villain, Drum Go Dum, I’ll Show You e More. A volta da K/DA trouxe também uma nova linha de skins e ainda teve a adição temporária de uma nova integrante ao grupo: Seraphine, campeã que tinha sido lançada recentemente no LoL.

True Damage

True Damage
Foto: Reprodução/Riot Games

O True Damage surgiu um ano depois do lançamento do primeiro single do K/DA, com a Riot agora cobrindo o gênero hip-hop. Os campeões que compõem o grupo são Ekko, Qyiana, Senna, Yasuo e novamente Akali.

Em 2018, a Riot apresentou o single Giants na abertura da final do Worlds 2019 e teve a apresentação dos artistas Becky G, Keke Palmer, Soyeon, Duckwrth e Thutmose, que estavam caracterizados como os membros do True Damage.

Assim como os outros grupos, o LoL recebeu skins temáticas da banda e uma em especial contou com a parceria da Louis Vuitton, uma das marcas de luxo mais renomadas do mundo, para os designs das edições de prestígio nos cosméticos de Qyiana e Senna.

Qiyana Louis Vuitton
Qyiana com skin da Louis Vuitton (Foto: Reprodução/Riot Games)

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

melhores cassinos online melhores cassinos online