Os planos da Riot Games para as ranqueadas de LoL em 2020 e 2021

Uma atualização das ranqueadas de League of Legends em 2020 está chegando mundialmente falando e algumas mudanças já foram implementadas pela Riot Games, na tentativa de trazer mais equilíbrio, menos erros e mais justiça no pareamento de partidas.

As mudanças são grandes e devem acontecer até a pré-temporada de 2021. Algumas funcionalidades e ajustes já foram implementados e testados, e outros serão ainda adicionados conforme a temporada deste ano for acontecendo. Quem trouxe as novidades foi o desenvolvedor Riot CodeBear, Gerente de Produto de Mecânica de Jogo Competitiva de League of Legends.

Segundo ele, a Riot Games quer resolver problemas que são constantes no cenário e que precisa de uma repaginada completa. “Para a alegria de todos, neste ano queremos resolver alguns problemas que têm sido pedras no sapato há anos. Isso significa que queremos dar aquela repaginada em nossos sistemas”, disse. 

Essas informações vieram do DevBlog da Riot Games, postada no dia 1 de junho. Recheado de novidades e explicações específicas das mudanças que já ocorreram e o que será implementado no futuro, o texto é praticamente dedicado aos jogadores assíduos de ranqueadas e que têm reclamado de certos problemas e injustiças nos servidores. 

Como são informações bem mais técnicas e voltadas para quem está no cenário competitivo, pode parecer confuso para um usuário comum entender na prática o que significa todas essas mudanças. Por isso vamos tentar simplificar para vocês. 

Quais os problemas nas ranqueadas

A Riot Games fez uma coleta completa em 2019 sobre os problemas que os jogadores enfrentaram e que incomodavam, tanto no modo do jogo escolher os usuários para a partida, quanto em subir nos ranks e a jogabilidade em si. 

Pois bem, entre essa varredura, a Riot observou 7 grandes melhorias que devem ser feitas, sendo elas: 

  • Melhor qualidade de gerenciamento de partidas sem comprometer o tempo de fila ou disponibilidade.
  • Maior transparência envolvendo ranqueadas e sistemas de gerenciamento.
  • Maior satisfação ao progredir e expressar habilidades.
  • Recompensas mais reconhecíveis e relevantes pelo tempo jogando LoL.
  • Habilidade dos jogadores de encontrar outras pessoas e jogar com elas.
  • Maior visibilidade das medidas tomadas em casos de comportamentos ruins.

É sabido há muito tempo que a comunidade competitiva de LoL no Brasil é bem tóxica, da maneira mais ampla da palavra. Não há comprometimento em equipe, não há paciência com erros ou deslizes, há muitos xingamentos e atitudes negativas, deboches, mortes e erros propositais que prejudicam a partida e a perda de PDL, entre outros problemas mais específicos, como ataques constantes à mulheres e outras minorias. 

Em um cenário que acaba dificultando o crescimento em habilidades e de forma pessoal, a Riot se posicionou de forma bastante incisiva para mudar essa ambiente. 

As ações já implementadas

Desde fevereiro de 2020 a Riot está mexendo os pauzinhos e trazendo ajustes que tragam mais conforto para a comunidade de jogadores das ranqueadas. Após 3 meses de testes e mensurando os resultados, a Riot divulgou esses resultados iniciais. 

Paridade de preenchimento automático

O preenchimento automático é a escolha dos jogadores para uma partida ranqueada. Para manter uma paridade justa, o algoritmo da Riot escolhe usuários que tenham PDLs próximos e estejam em elos próximos.

No entanto esse algoritmo não estava nada regular e nada justo. Os elos mais altos que passavam por mais dificuldade. Usuários Diamante acabavam tendo que jogar contra mestre e sofriam demais para conquistar pontos e irem bem em uma partida, pois o nível de habilidade era muito desigual. 

Agora a Riot Games quer modificar isso e tornar o preenchimento mais regular, para que os jogadores não fiquem frustrados com essa diferença absurda e ainda ser obrigado a jogar a partida com jogadores tão mais forte que ele.

Troca de preenchimento automático

Uma das coisas mais comuns nas ranqueadas é o jogador escolher uma função primária e secundária e no fim ter que jogar em outra rota porque o preenchimento automático errou. Quando o jogador ainda está no duo/flex, isso acontece com ainda mais frequência, com ambos precisando jogar rotas que não estão tão acostumados, prejudicando toda a estratégia de formação de time. 

Novo algoritmo de gerenciamento de partidas

A ideia do novo algoritmo é conseguir entender mais rapidamente as habilidades dos jogadores, seja novos ou veteranos. Assim vai ser bem mais fácil de entender o posicionamento da conta e fazer o preenchimento automático no futuro.

Esse algoritmo está em funcionamento nas partidas normal game, e logo estará nas ranqueadas. 

Fique de olho nos próximos patches, pois haverá novas informações sobre as ranqueadas. Créditos: Riot Games

Posicionamento em ranqueadas

Sabe o jogador que está mais acostumado a jogar normal game do que se aventurar nas ranqueadas? Pois então, no momento em que ele começa uma ranqueada, a curva de pareamento antes das mudanças era igual a qualquer outro jogador que também estivesse começando uma ranqueada. 

No entanto, nem sempre os jogadores iniciais de ranqueadas possuem as mesmas habilidades e a mesma inexperiência. Portanto, daqui para frente, os jogos normal game vão ser considerados para parear melhor, ou seja, posicionar esse jogador que é experiente com algum campeão em normal game, com um jogador ranqueado que também tenha características próximas. 

Fiquem tranquilos que não tem como um novo jogador do normal game ter a experiência de um jogador que está no Elo Platina ou Diamante, mas ele pode ter similaridades com alguém bronze, por exemplo. Agora, se um jogador platina resolve criar uma conta alternativa para testar um campeão em normal game e chegar ao nível 30 para começar as ranqueadas, ele estará muito mais próximo de outros jogadores platina do que bronze ou prata. 

O mesmo vale para uma pessoa que não joga normal game e apenas treinou no modo “Coop vs IA”. Essa pessoa não tem experiência nem em normal game e nem em ranqueadas, portanto ela precisa ter um posicionamento mais simples no início da ranqueada para que ela não se depare com uma partida muito desequilibrada em habilidades.

“Lançaremos esse recurso lentamente ao longo das próximas atualizações para monitorá-lo e reagir aos impactos de forma rápida e cautelosa”, explicou CodeBear na postagem. 

O que vai vir em breve

Outros ajustes já estão praticamente em pleno funcionamento, mas foram adicionadas em atualizações muito recentes e ainda é preciso testar. No entanto a Riot Games já salientou no DevBlog que é uma atualização para ficar, apenas será melhorada nos próximos patches. 

Feedback de jogadores

As opiniões dos jogadores vão ser mais levadas em consideração, sem feedbacks vagos e sem efeito prático no dia a dia dos usuários. Portanto, a Riot Games vai deixar bastante transparente as punições praticadas. Os players que passarem a reportar algum usuário vai ser notificado quando uma atitude for tomada pela Riot, mesmo quando o usuário for denunciado posteriormente por outros comportamentos inadequados. 

Denúncia e silenciamento na Seleção de Campeões

Nas ranqueadas não tem como escapar de usuários que sejam tóxicos ou ajam inadequadamente. E até então é impossível denunciar ou reportar um jogador que esteja de palhaçada na seleção de campeões. Em breve a Riot Games vai disponibilizar uma forma de denunciar o jogador ainda nessa etapa. 

Essa atualização deve chegar entre junho e julho. “Assim que obtivermos um panorama consistente da situação, começaremos a desenvolver um sistema de punições. De tudo que falamos hoje, esse é o tópico que requer mais cuidado”, explicou CodeBear.

Fim das restrições da fila Flex

Como o Clash surgiu no League of Legends faz pouco tempo e as pessoas tem preferido jogar em partidas predefinidas com cinco jogadores. Também pelas pessoas estarem mais em casa na quarentena, esses tipos de jogos cresceram muito entre os usuários. Para abrir mais as portas para novos membros e dar um apoio para usuários subirem de elo, a Fila Flex não terá mais restrições.

O Clash foi muito bem aceito e deve ser usado como inspiração para outros formatos de game. Créditos: Riot Games

“Para manter as partidas justas, estamos ajustando o gerenciamento da fila Flex a fim de deixá-lo mais semelhante ao do Clash, priorizando o equilíbrio entre uma faixa maior de MMR. Estamos preparando tudo para que as alterações cheguem já na próxima atualização”, afirmou CodeBear. 

Ideias da Riot Games para a pré-temporada de 2021

As ações já implementados e que virão em breve não serão as únicas. A Riot Games pretende também trazer novas atualizações para o início de 2021. É por isso mesmo que de agora em diante as ranqueadas devem mudar bastante e ainda muitas análises serão realizadas pela empresa para ver se está funcionando melhor ou se tem como melhorar ainda mai. 

Séries promocionais

Os jogadores para subirem de nível entre um único elo, Ouro II e Ouro I por exemplo, precisam passar por uma MD3. A partir de 2021 a Riot Games vai extinguir as MD3. Não vai mais ser necessário passar pelo estresse de jogar uma MD3 para ter a chance de subir de elo intermediário. 

“Consequentemente, teremos que rever as proteções de rebaixamento entre divisões para que os jogadores possam chegar onde desejam sem limitações falsas”, explica CodeBear. Isso significa que você pode cair mais rapidamente, no entanto vai subir com mais facilidade também. 

Transparência no gerenciamento de partidas ranqueadas

O gerenciamento de partidas vai ter grandes modificações para evitar que usuários de ranks distintos tenham que jogar entre si, pois é bem frustrante um jogador de elo Platina jogar com um Mestre pois o MMRs estão relativamente semelhantes. 

Portanto, a Riot Games pretende garantir que um usuário Prata não jogue contra um Ouro e assim por diante. Assim as partidas serão mais transparentes e com níveis similares. 

Recompensas e reconhecimento de legado

Em 2021 a Riot Games vai reconhecer mais os jogadores antigos e dar recompensas extras para quem está há mais tempo no game, em um processo de valorizar os méritos daquele usuário. 

Como exemplo, um usuário que chegou ao Ouro I vai receber algumas coisas extras por ter subido do IV até agora. Já quem chegou ao Ouro IV pela primeira vez, também receberá recompensas, mas será mais limitado comparado a quem já está há mais tempo suando a camisa para chegar a níveis maiores há mais tempo. 

Partidas de grupo organizadas: 

Como o modo Clash foi muito bem recebido pela comunidade, a Riot Games vai pensar numa forma mais consistente para apoiar equipes de League of Legends, ainda que amadoras. Assim, a ideia é solucionar algumas questões, como: 

  1. Como o Clash e a fila Flex podem trabalhar juntos para criar um ecossistema de equipes saudável para o League of Legends.
  2. Aperfeiçoar a forma como os jogadores encontram outras pessoas para que possam jogar juntos.
  3. Reconhecer as equipes que permanecem unidas e recompensá-las pela estabilidade e parceria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias