PUBG Mobile: 37 milhões de contas são banidas no 1º semestre

A equipe de desenvolvimento de PUBG Mobile divulgou, nesta quinta-feira (8), que um dos battle royales de maior sucesso para celulares baniu mais de 37 milhões de contas por uso de trapaça apenas no primeiro semestre deste ano. O maior motivo para o banimento de jogadores foi o de mira automática, sendo responsável por 23% das contas suspensas. No entanto, o número não ficou muito atrás dos trapaceiros que utilizaram programas para ver através da parede, que totalizaram 22%.

+ Free Fire: Nobru se torna embaixador global do TikTok
+ Free Fire: Coringa mostra nas redes novo carro de R$ 640 mil

PUBG Mobile: 37 milhões de contas são banidas no 1º semestre
Foto: Divulgação/PUBG Corp

Ainda de acordo com a desenvolvedora, outros três motivos resultaram em banimento de jogadores foram hacks de velocidade (17%), modificação do modelo do personagem (16%) e modificação do dano de área (9%). Os 9% restante dos jogadores foram banidos por “outros motivos”.

A desenvolvedora revelou que os jogadores que desejam auxiliar a comunidade a ter um PUBG Mobile mais limpo de trapaceiros podem se candidatar a investigadores. Com isso, eles ajudarão a analisar as denúncias feitas por outros jogadores, semelhante com o que acontece no sistema Overwatch de Counter-Strike, por exemplo. Para isso, basta clicar neste link.

spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui