R6: Estral Esports, do México, é banida do cenário competitivo

A Estral Esports, equipe da América Latina, está banida do cenário competitivo de Rainbow Six Siege (R6). Nesta terça-feira (9), a Ubisoft emitiu um comunicado no qual proíbe a organização de participar de qualquer competição oficial na modalidade.

+ R6: Novys vai competir no México e MKing também é especulado na Atheris
+ R6: MIBR anuncia elenco ex-Team One para temporada 2021

O motivo do banimento se dá por conta da Estral ter entregue uma partida propositalmente pelo Campeonato Mexicano. O jogo em questão foi contra a Infinity Esports, e o resultado colocou a Mexico Team Esports em situação de rebaixamento.

A apuração do caso teve início quando a desenvolvedora começou a investigar acusações a respeito do envolvimento de Oscar “Toski” Sepúlveda, capitão da Estral, em um esquema de aliciamento. Após a comprovação, ele acabou sendo punido com nove meses de suspensão do competitivo.

Com as evidências coletadas, a publisher percebeu que José “Fungi” Vidales, também jogador da Estral, não tinha “demonstrando o máximo de suas habilidades” na partida contra a Infinity, levantando a hipótese de que ele teria entregue o jogo propositalmente. Contudo, a Ubisoft descobriu posteriormente que todo o time da Estral estava envolvido na manipulação de resultado.

A situação ainda se agravou quando os jogadores e staff negaram, a princípio, que tinham cometido alguma infração. Entretanto, a Ubisoft descobriu que eles haviam sido intimidados pela própria Estral a não depor contra.

“Apesar das evidências e declarações da participação dos jogadores, estes omitiram informações sobre o assunto quando tiveram oportunidade de prestar esclarecimentos sobre a situação, por ordem direta [da organização]”, diz o comunicado oficial.

Por conta disso, a Estral foi banida do cenário de Rainbow Six. Já os jogadores e staff receberam advertências e sofrerão “punições severas e/ou multas financeiras” em caso de reincidência.

Vale ressaltar que a Estral esteve próxima de se classificar para o Six Invitational de 2021. Isso porque a equipe chegou à grande final da classificatória do LATAM, mas foi derrotada pelos brasileiros da FURIA pelo placar de 2 a 1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui