R6: jogadoras reclamam de atrasos no pagamento do CF; Ubisoft nega

Caveira R6
Foto: Reprodução/Ubisoft

Resumo

  • Jogadoras procuraram o The Clutch para informar que aguardam pela premiação do Circuito Feminino desde o fim de maio;
  • Em contato com a nossa equipe, a Ubisoft disse que está dentro no prazo estipulado pelo regulamento. Entretanto, as jogadoras afirmam desconhecerem a existência deste documento.

ATUALIZAÇÃO 13h25: em contato novamente com o The Clutch, a Ubisoft reconheceu que não existe um regulamento, mas ressaltou que o padrão de pagamentos da empresa sempre foi o informado no comunicado.


O The Clutch foi procurado por diversas jogadoras participantes do Circuito Feminino de R6, que revelaram que ainda estão aguardando o pagamento referente à primeira etapa do torneio, finalizada em 28 de maio. A Ubisoft, por sua vez, afirmou que ainda se encontra dentro do prazo de acerto da premiação.

anúncio betboomanúncio betboom

Em contato com o site, a empresa disse que “o pagamento das premiações da primeira etapa do Circuito Feminino de Rainbow Six Siege, encerrada em 28 de maio, vem sendo realizado dentro do prazo estipulado no regulamento (de 60 a 90 dias). Todas as equipes com CNPJ já foram pagas. As demais receberão o pagamento nos próximos dias por meio da plataforma Challengermode, como já era de conhecimento de todas”.

De fato, o The Clutch confirmou com algumas organizações, como a E1, já receberam os valores. Apesar disso, as jogadoras alegam não terem sido avisadas do um prazo e ainda negam a existência do suposto regulamento. “O que está acessível a todos é um livro de regras, que não menciona esse prazo deles”, disse uma das players.

Além disso, elas também reclamam da falta de comunicação clara da Ubisoft. “Eles prometem datas e não pagam, culpam a plataforma (Challengermode). Tudo isso na era do Pix”, afirma uma delas indignada.

Tabela de premiação do Circuito Feminino de R6 – Imagem: Reprodução/Ubisoft

Uma das jogadoras contou que o dinheiro da premiação é importante para a compra de um novo monitor, para assim ter maior igualdade na disputa contra as outras competidoras que têm suporte de uma organização.

O The Clutch solicitou uma cópia do Regulamento citado pela empresa em comunicado, mas, até o momento, não recebeu uma resposta. A identidade das meninas foi mantida em sigilo, por solicitação das mesmas, que temem sofrer algum tipo de punição da empresa.

Como funciona o Circuito Feminino

A fase classificatória do Circuito Feminino é dividida em quatro etapas, cada uma com uma premiação e qualificatórios próprios. Ao final dessas etapas, as quatro melhores equipes do ranking se classificam para os playoffs, e as oito melhores jogam a Brava Cup.

A grande final do circuito está prevista para acontecer entre novembro e dezembro deste ano. Até o momento, Black Dragons e w7m lideram o ranking.

Feminino, mas não inclusivo

Sens R6
Sens, operadore não-binário de Rainbow Six Siege – Imagem: Reprodução/Ubisoft

O Circuito Feminino de R6, ao contrário de outras modalidades, como VALORANT, por exemplo, não é inclusivo. O livro de regras do torneio estipula que “as jogadoras devem ser do sexo feminino” e “caso alguma jogadora se identifique com o gênero feminino, a mesma deve apresentar documento oficial com foto contendo seu nome social”.

Infelizmente, essa política exclui mulheres transgêneras que não possuem um nome social registrado em seus documentos oficiais, bem como pessoas não-binárias, que também ficam impossibilitadas de participar da competição.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

melhores cassinos online melhores cassinos online