Six Major Charlotte: “É inaceitável”, diz HerdsZ sobre condições de jogo

Foto: Leo Sang/Ubisoft

Esteando com vitória, nesta segunda-feira (16), diante da DarkZero Esports no Six Major Charlotte, os jogadores Gustavo “HerdsZ” Herdina e Gleidson “GdNN1” Nunes, da w7m Esports, criticaram as más condições de jogo. Isso porque tanto eles quanto Team oNe e FURIA estão jogando a competição do México, por conta da falta de tempo para emissão dos vistos e viagem para os Estados Unidos.

Em entrevista para a transmissão oficial do Rainbow Six Esports Brasil, a dupla questionou a discrepância de latência os times do México e os que estão na Carolina do Norte, estado em que está sendo sediado do torneio.

anúncio betboomanúncio betboom

+ Six Major Charlotte: veja confrontos, equipes, grupos e premiação

Quando perguntado sobre a partida, HerdsZ não poupou palavras para descrever as más condições proporcionadas para os times jogando do país latino-americano.

“É inaceitável jogar com esse ping, jogar nessas condições. É injogável. Campanha histórica no BR6, vice-campeão da Elite Six para vir até aqui, jogar com 80 de ping, sem conseguir fazer liga, com os operadores se teleportando. Desculpe, mas é inaceitável”, desabafou HerdsZ.

GdNN1, por sua vez, destacou a garra do time para vencer a DarkZero na estreia. O jogador, no entanto, afirmou que se pensassem em estratégia nas condições em que estavam, seriam atropelados.

“Como a gente ganhou, foi pela gente. Porque tava impossível de jogar. A gente ganhou na raça, naquele jeito brasileiro de não desistir. Se você for jogar estratégia contra estratégia, eles vão ganhar da gente de 7 a 0 todos os jogos”, salientou.

Ele também comentou sobre a equivalência de ping nas partidas de treino realizadas do México contra os times dos Estados Unidos, mas que não foi replicada no torneio, o que dá uma grande vantagem aos times que estão jogando presencialmente.

“Tá muito diferente. Até imaginávamos que seria online, porque estamos treinando com os times norte-americanos e dos participantes do Charlotte. Com 40 de ping contra 40 de ping, aí não fica desvantagem para ninguém. Mas chega aqui, a gente com 80 de ping e lá 1”, comentou GdNN1.

Por fim, HerdsZ disse que gostaria que a w7m estivesse presente em Charlotte, mas pontua que com a impossibilidade disso acontecer, é necessário haver um equilíbrio.

“A gente não está aqui no México por escolha nossa. Gostaríamos muito de estar em Charlotte, mas precisa haver consenso para ambos os lados”, finalizou.

A w7m esports volta a jogar ainda hoje no Six Major Charlotte, contra Heroic, às 18h45 do horário de Brasília. Acompanhe as emoções do mundialito de Rainbow Six nos canais oficiais do Brasil no YouTube e na Twitch.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

melhores cassinos online melhores cassinos online