FRoD rebate críticas de fer à comunidade de VALORANT

valorant frod
Foto: Colin Young-Wolff/Riot Games

Em participação no podcast Flow Games, o treinador de VALORANT da LOUD, Daniel “fRoD” Montanier, comentou sobre a polêmica fala de Fernando “fer” Alvarenga sobre os início do competitivo do FPS da Riot Games.

Na ocasião, o fer disse que o VALORANT foi formado pela “comunidade mais fracassada que tinha” e que os jogadores eram um “bando de merda”.

anúncio betboomanúncio betboom

Nas palavras do comandante técnico do time brasileiro, a ida de jogadores do CS:GO para o da VALORANT se tratou de busca por novas oportunidades e de competir em um cenário mais estabelecido.

“Se você pensa, eu acredito que ele não está falando corretamente sobre isso. Todo mundo tá buscando oportunidade, todo mundo quer ter um sonho de ser jogador profissional. O CS na América do Norte, não há liga. Quebraram a liga inteira da ESL no NA. Então se você pensa: todos os jogadores do NA, que também há muitos brasileiros por lá, não tinham oportunidades”, disse fRoD.

“Se quebram a oportunidade dele, pode ser que entrasse para o VALORANT também. Porque estamos vendo a oportunidade que há no VALORANT. Eu queria ser profissional de CS, mas não há oportunidade, é impossível. Apenas três times do NA estão na Pro League de CS e vivem 100% na Europa”, complementou.

+ Quando o time de VALORANT da LOUD joga?
+ VALORANT: LOUD oficializa elenco inclusivo
+ VALORANT: ardiis, da NRG, acusa ryotzz de vazar treinos para LOUD

Na visão de fRoD, o êxodos dos melhores times americanos para a Europa dificulta o surgimento de novos jogadores do NA no cenário profissional, uma vez que eles não conseguem interagir com a elite competitiva.

“Como você vai entrar em um jogo da FPL (FACEIT Pro League) no NA e jogar contra nitr0 ou EliGE, algo assim, para ser mostrar que você é bom no jogo? É impossível, porque eles estão na Europa 100% do tempo”, explicou o treinador da LOUD.

Além disso, ele também destaca as inúmeras oportunidades trazidas para o VALORANT, não só dentro como fora do jogo. Como exemplo, fRoD falou sobre Salvatore “Volcano” Garozzo, ex-jogador de CS 1.6 e hoje membro da equipe de Game Design do FPS da Riot Games.

“Na minha opinião, esse jogo [VALORANT] está muito perto do CS 1.6, pela movimentação e também pelas pessoas que estão no VALORANT, que criaram o jogo. Há um cara chamado Volcano. Ele era profissional de 1.6, até jogou por um time contra nós, e estava ajudando a criar o VALORANT. Eu penso que como jogo, [VALORANT] está muito mais perto do 1.6 que do CS:GO”, destacou fRoD.

Para finalizar seu pensamento, fRoD afirma: “Pra mim é uma oportunidade. Então não devemos falar mal de pessoas que estão buscando uma oportunidade”.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

melhores cassinos online melhores cassinos online