VCB Etapa 2: “A NIP é um time muito mais evoluído”, afirma bezn

vcb bezn
Foto: Bruno Alvares/Riot Games Brasil

Gabriel “bezn” da Costa, jogador da Ninjas in Pyjamas concedeu entrevista à imprensa nesta quarta-feira (22) após vitória contra a Vivo Keyd. Com o resultado, os Ninjas terão pela frente a LOUD, algoz na Etapa 1, na final da chave superior do VALORANT Challengers Brazil.

Perguntado sobre a escolha de Killjoy nas mãos de Alexandre “xand” Zizi no mapa da Icebox, bezn revelou que se tratou de uma adaptação no plano de jogo, uma vez que ele não estava se sentindo bem de Sage.

“Basicamente, eu estava reclamando um pouco por não estar conseguindo jogar bem de Sage, fazer ela ser útil dentro o mapa. Muitas das vezes não conseguia nem plantar a Spike. Então tive uma conversa com eles [o time] para tentar achar uma outra composição ou alguém jogar de Sage no meu lugar”, revelou o jogador.

+ VCB Etapa 2: Riot anuncia Viewing Parties em São Paulo, Rio e Salvador

Além disso, o bezn também disse que a equipe trabalhou com duas possibilidades, mas que esta usada contra a Keyd foi a que melhor funcionou para eles.

“A gente pensou bastante, tínhamos duas composições possíveis e testamos essa como primeira opção no treino e foi muito bom. Treinamos três mapas e está dando certo, tá fluindo, a gente está bem encaixado”, complementou.

Em relação ao reencontro contra a LOUD, bezn afirma que o time é outro se comparado à primeira etapa. Embora não tenha como cravar o resultado, o jogador, no entanto, acredita na vitória a favor dos Ninjas dessa vez.

“Nosso time, agora, é muito mais centrado do que era antes. A gente evoluiu bastante no uso de recursos, de posicionamento, de saber valorizar, saber a hora de buscar uma informação. Não consigo dizer qual será o resultado, espero muito que a gente ganhe, mas não será igual a última série. A NIP é um time muito mais evoluído”, destacou.

Sobre os resultados elásticos diante da Vivo Keyd, o jogador dos Ninjas se mostrou surpreso, porém destaca o bom trabalho feito pela equipe nos treinos. Além disso, ele cita a perfeição como ponto chave para derrotar a LOUD.

“Foi uma surpresa sim. A gente sempre espera um jogo bastante pegado. Meio que, de certa forma, a gente não esperava que fosse assim. Só que, ao mesmo tempo, estamos vendo que os resultados dos nossos treinos, que estão sendo produtivos. Porque o que a gente busca é isso, a perfeição. E se quisermos ganhar da LOUD, precisamos buscar a perfeição”, contou bezn.

Por fim, a respeito de serem underdogs na final da chave inferior, bezn afirma que não há peso para o embate, mas entrarão firmes para buscar o resultado necessário na sexta-feira (24).

“Desde quando a NIP foi montada, muita gente criticou e falou que ia ser um time que não iam lidar bem, que o xand e o Jonn só iam querer trocar tiro. Então isso não é algo que pese na nossa mente, de ser favorito ou underdog. Porque, no começo da NIP, eu mesmo era underdog, muitos não confiavam em mim, o cauanzin era novo. Então, acho que isso não influencia nada para a gente. Vamos entrar e fazer o nosso trabalho”, finalizou.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.