CS:GO: BOOM e paiN se classificam para as semifinais da GC Masters V

O segundo dia da Gamers Club Masters V acabou com as equipes da BOOM e da paiN  garantindo a classificação para as semifinais. Os dois times confirmaram o favoritismo e se juntam a W7M e Red Canids na próxima fase.

+ CS:GO: Confira como foi o primeiro dia da Gamers Club Masters V
+ CS:GO: Astralis confirma contratação de ⁠Bubzkji e dispensa JUGi

BOOM 2 x 0 Asterius Gaming

O primeiro jogo do dia contou com a BOOM, que não tomou conhecimento da Asterius e ganhou por dois mapas a zero. Na Train, o placar foi de 16 a 3 sem dificuldades, com João “felps” Vasconcelos se recuperando depois da estreia abaixo do esperado.

Por fim, na Vertigo, a BOOM mostrou que é uma das mias fortes no mapa vencendo por 16 a 6.

Ao fim da partida, felps respondeu às provocações feitas para a equipe da BOOM após a derrota para a Keyd no primeiro dia de competição. “Não ligamos para opinião de ninguém, o combustível que criamos é do nosso time, nossa família, não jogador de LPL, que só quer ver o nosso mal”, disse o jogador.

paiN Gaming 2 x 0 Bravos

A paiN também se recuperou da derrota no primeiro dia e foi fatal contra a Bravos. Com uma Nuke perfeita, a atual campeã da GC Masters IV fechou o mapa por 16 a 2. No segundo, Dust2, a equipe administrou bem o jogo e fechou um 16 a 10.

Em entrevista, Gabriel “NEKIZ” Schenato falou sobre a paiN ter o costume de começar mal os campeonatos e depois arrancar. “É um erro nosso, mas ontem foi atípico por ser MD1. A gente tem que trabalhar nisso, sabemos que é um erro e vamos trabalhar em cima disso”, disse NEKIZ.

Vivo Keyd 0 x 2 BOOM

Na sua segunda melhor de três do dia, a BOOM conseguiu a revanche contra a Vivo Keyd sem muitos problemas. Na Mirage, a equipe de Ricardo “Boltz” Prass foi avassaladora e fechou com um 16 a 4. Depois disso, na Nuke, a atuação perfeita de Gustavo “yeL” Knittel definiu a vaga da BOOM para a semifinal, onde enfrentará a Red Canids.

Alessandro “Apoka” Marcucci, coach da equipe, foi perguntado sobre o fato do Lucas “DeStiNy” Bullo conhecer bastante o estilo de jogo do time da BOOM, pela convivência.

“A gente tem que tentar preparar arapucas, principalmente, por causa do DeStiNy. Tem o outro lado, porque a gente conhece algumas coisas que ele gosta de fazer. Mas, acho que no caso dele, ele conhece mais a base do time e a gente conhece um jogador só”, disse o coach.

Isurus Gaming 0 x 2 paiN Gaming

Fechando a noite, o jogo mais aguardado do dia. A paiN, que também queria a revanche, foi superior na Nuke e na Overpass e levou a vaga para a outra semifinal. Os placares foram de 16 a 10 e 16 a 13, respectivamente. O destaque vai para a atual contratação da paiN, Rafael “saffee” Costa.

Perguntado sobre a pausa forçada que a paiN teve que entrar, Vinicios ‘PKL’ Coelho falou da frustração da equipe, mas que ao mesmo tempo todos continuaram treinando muito.

“Essa pausa foi um piores momentos da minha carreira. A frustração que bateu em todo mundo, 15 dias antes da gente embarcar para o Canadá. Foi uma coisa surreal. A gente tava para ir, todo mundo tava em casa até preparando as coisas e 15 dias antes aconteceu tudo. Fechou o mundo inteiro”, disse PKL.

“O que restou foi ficar treinando. A gente não parou de treinar um momento, fomos um dos times que mais treinou. Mas, ali no subconsciente, tinha uma frustração em cima de todo mundo. Porque a gente queria estar lá fora, jogando os campeonatos internacionais e foi um balde de água fria para a gente”, complementou o capitão.

Chaveamento GC Masters V (Foto: Gamers Club)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias