Chaos pretende deixar o cenário de CS:GO, diz site

Segundo o site DBLTAP, a organização norte-americana Chaos Esports Club está com planos de deixar o cenário competitivo de CS:GO. Assim, a Chaos estuda transferir todos seus jogadores para outros times, para então oficializar sua saída do FPS da Valve.

Ainda de acordo com o portal, a decisão é um pedido dos investidores da organização. Em maio de 2019, a Chaos foi adquirida pela empresa GG Group. Atualmente, ela possui times apenas em dois jogos: Counter-Strike e Rainbow Six.

Em seu site, a Chaos informa que planeja expandir para outros jogos. Portanto, a saída do CS:GO pode significar que os esforços da organização se concentrem em novos título.

Em março deste ano, o time que representava a Chaos no Dota 2 também foi dissolvido. Sendo assim, a saída do CS:GO seria o fim dos laços da organização com qualquer jogo competitivo da Valve.

A saída da Chaos do CS:GO, no entanto, não surpreende. Recentemente, o cenário norte-americano do jogo tem sofrido bastante com a chegada de VALORANT, primeiro título de FPS da Riot Games. Além da migração de diversos profissionais, muitas organizações também tem deixado de atuar no Counter-Strike para focar suas energias no novo título. Isso, inclusive, fez com que shroud, um dos streamers mais populares do mundo, afirmasse que a “América do Norte morreu no CS”.

+ Para shroud, cenário norte-americano de CS:GO está “morto”

Neste ano, a Chaos ficou muito famosa na comunidade brasileira por seu envolvimento em uma polêmica com o antigo elenco da MIBR. A troca de farpas entre jogadores e organizações durou praticamente até a saída de FalleN, fer e companhia da MIBR.

+ TACO se irrita com publicação da Chaos e responde: “volte a ser insignificante”
+ “Seu time é simplesmente um lixo”, diz jogador da Chaos em relação à MIBR

Até mesmo o streamer Gaules se envolveu na confusão, que ganhou ares dramáticos após jogadores da Chaos sofrerem ameaças de morte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias