CS:GO: FURIA tropeça e perde jogo contra Virtus.pro no cs_summit 7

Valendo a classificação direta para os playoffs da cs_summit 7, a FURIA veio para o servidor nesta terça (26) contra a Virtus.pro de Jame. O elenco venceu a sua primeira partida do grupo C contra a Cloud9 por 2 a 1.

+CS:GO: FPX contrata chrisJ como quinto jogador
+CS:GO: Jamppi confirma migração para o VALORANT

Inferno: FURIA 13×16 Virtus.pro

Começando no lado TR do primeira mapa, a FURIA começou perdendo o pistol e o forçado na sequência, mas logo se recuperou e conseguiu virar a partida contra a VP. O confronto seguiu muito acirrado, mas também marcado por muitos erros de execução por parte das duas equipes.

Ao final da primeira metade, a Virtus.pro conseguiu vencer com a parcial de 8-7, mas ainda assim, estava distante da vitória no mapa. Mas na troca de lados, a VP ignorou os detalhes e mostrou um sólido lado TR, aplicando ponto após ponto em cima dos brasileiros, que se viu com dificuldades.

Mesmo com a tentativa de buscar o jogo e virar a partida, a FURIA acabou sendo derrotada por 16-13.

Overpass: FURIA 12×16 Virtus.pro

Depois de um ótimo começo, onde a FURIA fez 5-0 no placar, a Virtus.pro entrou para o jogo e fez rounds importantes para diminuir a vantagem brasileira. Entretanto, os Furiosos não se abateram e mantiveram um bom ritmo durante a partida, chegando a fazer 11-4 no placar na defesa.

Na troca de lados, a VP venceu o pistol round ao negar a entrada da FURIA no bombsite B, quebrando totalmente a estratégia brasileira. Com esse round, a Virtus.pro iniciou uma reação que destruiu o TR brasileiro. O elenco russo controlou os espaços do mapa e acabou com a chances da equipe de arT e voltar para a partida.

Após uma séries de execuções frustradas, a FURIA não conseguiu evitar a derrota no mapa da VP por 16-12 e acabou perdendo a série por 2 a 0.


Com o resultado, a FURIA terá um jogo eliminatório pela frente no dia 28 às 17:00h com adversário a ser definido. A transmissão acontecerá em português no canal da Beyond the Summit Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias