CS:GO: IEM Summer foi o 2º pior torneio de device em dois anos

Nicolai “device” Reedtz balançou o mundo do Counter-Strike: Global Offensive no início de maio ao sair da Astralis para integrar a Ninjas in Pyjamas. Apesar de um início contundente, com o vice-campeonato da Flashpoint Season 3, o dinamarquês apresentou um rendimento ruim durante a IEM Summer, finalizando a competição com um rating de 1.0, o segundo pior do jogador em dois anos.

Se no primeiro campeonato pela organização sueca, device mostrou a que veio, em seu segundo torneio o AWPer ficou devendo, sendo apenas o terceiro melhor do time em estatísticas. Para se ter ideia de como a performance foi fora da linha, o único campeonato em que device teve um rendimento pior foi em sua última competição pela Astralis, quando o time dinamarquês, já em baixa, amargou uma 9-16° colocação na Blast Premier Spring Showdown. Na ocasião, device terminou com um rating de 0.98, e a Astralis disputou apenas uma partida, jogando dois mapas e perdendo ambos.

+ CS:GO: Mais de 10 mil jogadores são banidos após atualização
+ CS:GO: Atualização retira Prime gratuito e introduz matchmaking sem patente

O IEM Summer teve início no dia 3 de junho. A NIP foi eliminada no último domingo (6) pela Virtus.Pro. Durante o campeonato, device disputou nove mapas em quatro partidas e conseguiu um rating positivo em apenas dois mapas, sendo o melhor deles contra a Heroic, em uma Nuke onde o jogador conseguiu trazer obter um rating de 1.83.

Antes destas duas competições, a última vez que o AWPer apresentou um rating tão ruim foi em abril de 2019, quando amargou um rating de 0.94 durante a BLAST Pro Series Miami 2019, onde disputou 5 mapas em 5 partidas melhor de um.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui