CS:GO: vazamento aponta que Anubis e Tuscan custaram US$ 150 mil cada à Valve

Anubis
Foto: Reprodução/Steam Workshop

Nesta quarta-feira (8), o dataminer Pavel Djunkik revelou que os mapas Anubis e Tuscan podem ter custado à Valve US$ 150 mil cada. Segundo o leaker, os dados foram retirados da própria API do CS:GO.

Entretanto, não é possível saber se os valores dizem respeito à obtenção dos direitos dos mapas ou se foram apenas para poder usá-los no jogo.

anúncio betboomanúncio betboom

“A API de itens do CS:GO inclui algumas coisas internas, por qualquer que seja a razão, que inclui coisas como: Pagamento único para o mapa ‘de_anubis’ (USD $ 150 mil) e Pagamento único para o mapa ‘de_tuscan’ (USD $150 mil).

+ CS:GO: Valve trabalha em um novo sistema para servidores, afirma insider
+ CS:GO: “Vocês irão ver uma Imperial ainda mais forte na BLAST”, afirma FalleN

Em outra publicação, Pavel Djunkik contou que conversou com alguns desenvolvedores de mapa sobre o caso, e eles disseram que a Valve pede para criar skins secretas na Oficina da Steam para que os pagamentos sejam feitos por meio da plataforma. Portanto, isso pode justificar as linhas de códigos encontradas na API.

Anubis foi adicionado ao CS:GO pela primeira vez em 2020, mas só entrou na rotação competitiva oficial do jogo em novembro de 2022, para substituir Dust 2. Já Tuscan surgiu pela primeira vez ainda no CS 1.6, e também em 2022, foi relançado totalmente repaginado.

Foto: Reprodução/Valve

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

melhores cassinos online melhores cassinos online