“Parte do problema foi que a receita de distribuição digital disparou”, diz ex-desenvolvedor da Source 2

Richard Geldreich, ex-desenvolvedor da Valve, foi às redes sociais nesta quarta-feira (25) atacar diretamente o desenvolvimento da engine Source 2, lançada em 2015. Segundo Geldreich, o motor de jogo “esteve no mato por vários anos” e parte da culpa por isso ter acontecido foi o do próprio time de desenvolvimento, que, segundo ele, era “sistematicamente tóxico”.

“A Source 2 esteve ‘no mato’ por muitos anos. Já faz mais de uma década, então posso dizer o seguinte: esta equipe em particular era irremediável e sistematicamente tóxica. Muitos desenvolvedores se recusaram a trabalhar nela novamente depois de encontrá-los. Este foi o grupo de desenvolvedores mais tóxico que já vi”, afirmou Geldreich.

Além de criticar seus ex-companheiros de trabalho, Richard também disse que um dos maiores problemas do desenvolvimento da engine foi a própria Steam. Isso porque a grande receita gerada com a distribuição de jogos fez com que as pessoas da Valve acabassem focando nas vendas e nos bônus conquistados em cima delas.

“Olhando para trás, acho que parte do problema foi que a receita de distribuição digital da empresa havia disparado, e os caras que estavam há mais tempo estavam competindo por grandes bônus e ações [da empresa]. Isso resultou em um ambiente de trabalho incrivelmente tóxico”, contou.

+ “Não vai acontecer”, diz famoso streamer sobre Source 2 no CS:GO
+ Rumores apontam que próxima operação no CS:GO deve sair “em breve”

O clima na empresa era tão ruim que Richard disse que muitos desenvolvedores se recusaram a trabalhar na Source 2 novamente. “Não é assim que você constrói uma engine de próxima geração”, afirmou.

Em seguida, Geldreich também revelou que o projeto inicial da Source 2 apenas copiava elementos já existentes em outras engines, o que ele chamou de uma “perda de tempo e de energia”. “A Source 2 estava apenas ‘copiando e colando’ ideias de outros motores. Foi um projeto muito trabalhoso e uma perda quase total de tempo e de energia”, concluiu o programador.

Atualmente, a Source 2 é utilizada nos jogos Dota 2, Dota Underlords, Artifact e Half-Life: Alyx. Há muito tempo, os fãs de CS:GO esperam que ela seja implementada no game, porém a Valve nunca se pronunciou a respeito disso.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img