CS:GO: Vitória sobre FaZe mantém FURIA viva na IEM Katowice 2021

Única equipe representando o Brasil na IEM Katowice 2021, a FURIA continua viva na briga por uma vaga no mata-mata. Neste domingo (21), pela repescagem do Grupo B, a equipe liderada por Andrei “arT” Piovezan venceu a FaZe Clan de Marcelo “coldzera” David.

+ Lutadora do UFC, Livinha passa a fazer parte da FURIA
+ CS:GO: Team Liquid bate Vitality e avança para os playoffs de Katowice 2021
+ CS:GO: FURIA perde para NAVI na IEM Katowice e enfrentará a FaZe neste domingo

Para passar de fase, a equipe brasileira precisará superar Virtus.pro em duelo que também acontecerá às 15h (de Brasília) deste domingo. Essas duas equipes já se enfrentaram neste ano, na cs_summit 7, com Dzhami “Jame” Ali e os companheiros levando a melhor sobre os Panteras na ocasião.

O JOGO

Escolha da FaZe, Mirage foi o mapa que abriu a série e nele o time de coldzera começou melhor, abrindo 4 a 1 sem muita dificuldade. Mas a partir que a defesa encaixou, a FURIA não deu chance para o adversário, fechando a metade inicial vencendo por 10 a 5.

Os Panteras não diminuíram o ritmo no lado TR e, mesclando ataques rápidos com execuções bem trabalhadas, não deram chance para a defesa da FaZe, conseguindo fechar o jogo em 16 a 8.

O duelo seguiu para a Overpass, mapa que foi muito mais equilibrado que o anterior. A FaZe, mais uma vez, começou marcando os primeiros pontos e vendo a FURIA virar. Contudo, agora, quem fechou a metade inicial vencendo foi o time de coldzera: 10 a 5.

De CT, a FURIA conseguiu virar e parecia que iria conseguir mais uma vitória tranquila após conseguir encaixar duas sequências de quatro pontos. Mas na parte final do jogo, a FaZe encaixou três bons ataques, que foram primordiais para a vitória por 16 a 14.

Tudo foi decidido na Train, mapa no qual a FURIA conseguiu dominar toda a metade inicial jogando de CT. Os Panteras não deixaram a FaZe emplacar bons ataques, indo assim para o lado TR vencendo por 13 a 2.

coldzera e companhia até marcaram os dois primeiros pontos na metade final, mas a equipe não teve força o suficiente para construir a varada. Com isso, FURIA precisou apenas de três pontos para fechar o jogo em 16 a 4.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias