Após 3 anos, W7M se retira do CS:GO

A W7M Gaming anunciou hoje (22) que seus jogadores de CS:GO estão abertos a propostas e não farão mais parte da equipe. Em entrevista para o ge, o diretor da organização, Felipe Funari, comentou que o cenário para 2021 está imprevisível com a chegada do CBCS, que agora se tornará um circuito nacional.

+CS:GO: Liquid renova contrato com Stewie2k por mais 2 anos
+CS:GO: Astralis retoma liderança do ranking mundial

Presente no cenário do FPS há mais de 3 anos, a equipe se tornou um dos principais times nacionais, fazendo parte do tier 1 brasileiro. O time venceu diversos títulos durante a sua jornada, sendo a segunda temporada do CLUTCH e a 4ª edição da LA League os principais.

Na entrevista, Funari ainda disse que não há um calendário certo para 2021 e que como a W7M é uma empresa de investimentos, isso pode se tornar algo muito complicado. Ele também comentou que a organização irá “estudar e analisar as opções para reformular seu time”, caso decidam voltar ao cenário.

Por enquanto, a organização investirá apenas no cenário feminino, já que é uma das fundadora do Grrrrls League, a nova liga feminina da GameXP que terá mais de 200 mil reais em premiação. O time que representará a W7M ainda será anunciado.

Os jogadores comentaram nas redes sociais que ainda seguirão juntos e irão buscar uma nova organização.

A equipe da W7M era formada por:

  • Rafael “raafa” Lima
  • Antonio “realziN” Oliveira
  • Felipe “skullz” Medeiros
  • Alef “tatazin” Pereira (emprestado pela Yeah)
  • Cássio “cass1n” Santos (emprestado pela SWS)
  • Pedro “peu” Lopes (coach)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img