Ex-paiN no DotA 2, 444 morre por complicações da COVID-19

spot_imgspot_imgspot_img

A comunidade brasileira de esporte eletrônico amanheceu mais triste neste sábado (6) após a notícia de que Anderson “444” Santos morreu devido complicações da COVID-19.

+ Campeã do TI, Newbee é banida pela Valve por match fixing
+ CEO da paiN vende coleção rara de entregadores por R$ 1 milhão

Segundo o ge, o atleta, que vinha jogando pela One Milion, não resistiu a uma crise que teve durante a madrugada, mesmo sendo levado a uma UTI em Manaus, onde reside. A equipe médica que o atendeu tentou reanimar o jogador, mas sem sucesso.

444 testou positivo para COVID-19 em janeiro, assim como outros três membros da família, conforme relatou a irmã do jogador. Contudo, o quadro apresentado pelo jogador não foi dos melhores. A comunidade de Dota 2, inclusive, fez uma campanha para arrecadar fundos a fim de ajudar o atleta a comprar remédios e oxigênio.

Devido a crise de leitos que Manaus sofre desde o início do ano, 444 não conseguiu se tratar exclusivamente em um hospital. O jogador chegou a apresentar um quadro de pneumonia, com baixa oxigenação no sangue e 75% do pulmão comprometido pela doença, precisando assim de cilindros de oxigênio para respirar.

Competindo desde 2017, 444, também conhecido como Bob, surgiu na T Show e ganhou notoriedade quando vestiu a camisa da paiN Gaming, com a qual disputou importantes torneios internacionais, como os Majors da MDL Disneyland 2019EPICENTER 2019. Entre os títulos, está o do CBDOTA do mesmo ano.

spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimas notícias