Dota 2: CEO da paiN vende coleção rara de entregadores por R$ 1 milhão

Fundador e CEO da paiN Gaming, Arthur “PAADA” Zarzur fechou um negócio milionário no mercado de itens de Dota 2. Isso porque o brasileiro vendeu sua rara coleção de Entregadores Rosa Legado (ou Courrier Legacy Pink) por 200 mil dólares (1 milhão de reais aproximadamente).

O fato foi publicado no fórum do Reddit pelo usuário nunuhasgold, dizendo que um jogador russo da Steam, chamado The Emperor, foi quem negociou a compra dos itens. O mesmo também revelou que a transação foi feita através de bitcoins, com PAADA recebendo 15 BTCs pela coleção.

Dota 2: CEO da paiN vende coleção rara de entregadores por R$ 1 milhão
Cão de guerra duradouro legado era um dos entregadores da coleção vendida por PAADA (Foto: Reprodução/Dota 2)

Além disso, nunuhasgold citou uma outra transação realizada por PAADA, onde o brasileiro vendeu um único entregador por 38 mil dólares (88 mil reais aproximadamente na época) em 2013.

+ “Parte do problema foi que a receita de distribuição digital disparou”, diz ex-desenvolvedor da Source 2
+ Jogadores criam mod de Among Us para o Dota 2

Entregadores, ou Courriers, é um item que pode ser comprado no início da partida e pode ser usado por todos os jogadores. Sua função é entregar os itens comprados na fonte para os jogadores no mapa.

PAADA foi jogador de Dota 2 pela paiN Gaming entre 2013 e 2015. Pelos tradicionais, conquistou o título da X5 Mega Arena, contra a INTZ. Mais recentemente, atuou pela equipe no CBDota 2, onde foi vice-campeão ao perder para a NoPing e-sports.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img