Electronic Arts é hackeada e tem dados roubados

A Electronic Arts (EA), famosa produtora de games populares como FIFA 21, admitiu nesta quinta-feira (10) em entrevista à Vice que teve dados roubados por hackers de seus servidores recentemente. Na conversa com o site, um funcionário da EA confirmou o ataque, mas ressaltou que não acredita que os dados privados dos usuários tenham sido acessados.

“Estamos investigando um incidente recente de invasão à nossa rede, onde um número limitado de informações dos jogos e códigos-fonte foram roubados. Nenhum dado dos jogadores foi acessado e não temos razão para acreditar que existe algum risco para a privacidade dos jogadores. Seguindo o incidente, já fizemos algumas melhorias na nossa segurança e não esperamos nenhum impacto nos nossos jogos. Estamos trabalhando com a justiça também para dar sequência à investigação”, disse o funcionário da EA.

+ Profissional de FIFA é preso após se disfarçar de idoso para ser vacinado contra Covid-19
+ Startup compra 38% da B4 e organização anuncia elencos de FIFA e Wild Rift

De acordo com os próprios criminosos, que postaram o acontecimento em fóruns especializados de hackers, o grupo teve acesso a 780 GB de informações, incluindo o código fonte de FIFA 21 e seus servidores de matchmaking. Além disso, eles teriam conseguido acesso também a ferramentas da Frostbite Engine, motor gráfico usado em diversos jogos da desenvolvedora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img