SonicFox substitui bandeira dos EUA pela do movimento trans em torneio de Mortal Kombat

Um dos principais nomes da comunidade de jogos de luta, SonicFox é também um dos poucos nos esportes eletrônicos que não teme em se posicionar publicamente sobre a comunidade LGBTQ+. Desta vez, durante o WePlay Ultimate Fighting League (WUFL), o jogador utilizou a bandeira do movimento trans no lugar da dos Estados Unidos.

+ Óscar do esport elege jogada de Kroonos como a melhor do mundo em fevereiro
+ Razer lançará máscara de proteção “mais inteligente do mundo”
+ Cloud9 está deixando temporariamente o CS:GO

O ato, que chamou a atenção de toda a comunidade, aconteceu na apresentação dos competidores, entre os quais está o brasileiro Konqueror. Veja no clipe abaixo:

Essa não é a primeira vez que SonicFox se posiciona a favor da comunidade trans em uma competição. A última vez aconteceu em 2020, quando o jogador foi campeão do Mortal Kombat Final Kombat 2020. Na ocasião, o norte-americano recebeu o troféu usando a bandeira do movimento.

O ato de SonicFox na WUFL dividiu a comunidade, com parte elogiando mais uma vez o jogador pela coragem ao se posicionar e a outra parte, criticando. No Twitter, o atleta rebateu um dos críticos: “uma thread com palhaços absolutamente loucos por zero motivos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img