Deposite $10 e ganhe mais $10

O estado americano de Utah oficializou os esportes eletrônicos como parte do programa esportivo de ensino médio. O anúncio foi feito pelo grupo iTEAM USA, empresa por trás da iniciativa, no Utah State Capitol, casa do governo do estado. Três jogos farão parte inicialmente do programa, sendo eles League of Legends, Rocket League e Super Smash Bros.

De acordo com Bob Sorenson, diretor estadual do iTEAM USA, o modelo implementado em Utah servirá como base para a implementação dos esports no colégio a nível nacional. “O que estamos fazendo hoje em Utah servirá como modelo nacional e mostrará a todos os outros estados como eles devem fazer”, afirmou Sorenson.

O objetivo do programa não é somente formar atletas eletrônicos, mas sim fomentar toda a indústria por trás dos games. Segundo o diretor, os “esports são a porta de entrada para Tecnologia da Informação e Ciência da Computação. Isso [o programa] dará aos estudantes uma conexão e uma visão diferente sobre tecnologia”.

Segundo o iTEAM USA, somente no estado de Utah há mais de 4.600 vagas de tecnologia em aberto, com salários que pagam por volta do dobro da média nacional.

Joel Marquez, do Departamento de Educação de Utah, afirma que o programa é mais do que somente uma oportunidade de trabalho. Ele diz que “há um estigma social com os gamers” e que já viu “250 estudantes de diferentes gêneros se unirem, se tornarem amigos e se divertirem jogando videogames”. Assim, Marquez acredita que o ambiente de esports cria um “lugar de pertencimento” aos jovens.

Deposite $10 e ganhe mais $10

Deixe seu comentário