Liminar que obrigava Xisde a mudar de nome é derrubada pela Justiça

Reprodução/Instagram/anaxisde

Apenas alguns dias depois de anunciar a mudança do nome para Xis OG Life, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) derrubou a liminar que obrigava a organização a mudar o nome Xisde, segundo o ge. O imbróglio teve início quando Ana Xisdê, ex-caster da Liga Brasileira de Free Fire, deu entrada com o processo.

+ Free Fire: TEAM FEON é desclassificada da LBFF após vender vaga
+ Free Fire: Confira as novidades do Servidor Avançado de janeiro

anúncio betboomanúncio betboom

Rebaixada para a Série B da Liga Brasileira de Free Fire depois de não performar bem na última edição da Série A, a XIS OG Life havia anunciado a mudança de nome assim que conseguiu o acesso para a elite do Free Fire brasileiro. Na época, deixaram de ser Equipe X e passaram a adotar o nome Xisde.

De acordo com o ge, o processo aberto por Ana Xisdê em outubro de 2021 revela que ela passou a utilizar esse apelido em 2008 e, em 2019, abriu uma empresa utilizando o mesmo apelido utilizado em todos os anos que esteve na internet.

Entretanto, a apresentadora também foi de encontro à identidade visual utilizada pela Equipe X. Isso porque, ao se tornar Xisde, eles também passaram a utilizar as cores preto e roxo, as mesmas utilizadas pela profissional. O portal revelou que os advogados dela dizem que a organização fere o direito de personalidade de pseudônimo, trazendo prejuízo à imagem da apresentadora.

Em resposta ao ge, mesmo obtendo vitória na segunda instância, a organização seguirá com o novo nome apresentado momentos antes do resultado do processo ser revelado, XIS OG Life.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

melhores cassinos online melhores cassinos online