CBLOL 2023: segundo CEO da RED, Kuri pediu para sair do time

Divulgação/Prêmio Esports Brasil

Resumo

  • Felipe Corradini, CEO da RED Canids, disse em seu Twitter que Kuri pediu para sair do time;
  • O dirigente ainda disse que o jogador sofreu problemas de adaptação e não tinha um bom domínio de inglês;

No sábado (25), Felipe Corradini, CEO da RED Canids, voltou a se manifestar sobre a saída de Choi “Kuri” Won-yeong do time de League of Legends. No seu Twitter, ele revelou que o próprio jogador pediu para deixar a equipe por sentir dificuldade de adaptação. Ele ainda pontuou que o jogador não tinha bom domínio de inglês.

+CBLOL 2023: Kuri não será mais suporte da RED Canids
+LoL: Rioter revela habilidades da Yuumi depois do rework

anúncio betboomanúncio betboom

“Sobre isso, antes de trazê-lo, foi falado que o inglês dele era ‘ok’. Quando chegou, vimos que não. O próprio kuri pediu pra ir embora pela difícil adaptação nas últimas semanas e fizemos um esforço gigante pra ele ficar. Mas aí já era tarde e precisávamos agir”, afirmou Corradini.

A RED Canids estreou com Pedro “Scamber” Soares no lugar de Kuri também neste sábado (25), em confronto contra Los Grandes. Na ocasião, a Matilha saiu com derrota, mas por enquanto se mantém na terceira posição da tabela do CBLOL. Depois do revés, Corradini teceu comentários sobre o momento do time. 

“Podem falar o que quiserem, vocês tem que cobrar mesmo. Mas o que eu posso dizer é que vimos nosso time jogar e comunicar, o que não acontecia há 3 semanas. Mudanças sempre vão ser necessárias, e nunca vamos ter medo de fazê-las”, comentou.

A RED Canids volta a jogar neste domingo contra a paiN Gaming, no terceiro jogo da 12º rodada da primeira etapa do CBLOL 2023.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

melhores cassinos online melhores cassinos online